Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12492
Título: Ligantes não Convencionais como Precursores do Novos Complexos e Redes de Coordenação
Autor(es): SILVA, Fausthon Fred da
Palavras-chave: Química inorgânica; Complexos; Redes de coordenação
Data do documento: 31-Jan-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Este trabalho apresenta a síntese e caracterização de materiais cristalinos inorgânicos, mais especificamente complexos e redes de coordenação a partir de metais de transição e íons lantanídeos. Para tal fim utilizamos ligantes flexíveis e macrocíclicos, uma vez que estes são pouco explorados na literatura. Para este fim, foram utilizadas as técnicas de síntese hidrotermal e cristalização por evaporação do solvente para obtenção dos compostos. Foram utilizados o ácido iminodiacético (H2IDA) e a cucurbit[6]urila (CB[6]) como ligantes de trabalho afim de complexa-lás com íons Cu2+ e Ln3+ (Ln = Sm, Eu, Tb e Tm), respectivamente. Foi obtido ainda o ácido 2,5-piperazinadiona-1,4- diacético (H2PDA), derivado do H2IDA, sendo possível obter compostos de coordenação com metais 3d e íons lantanídeos com este ligante. No caso dos sistemas Cu-IDA, foi investigada a influência dos parâmetros de síntese na formação dessa rede de coordenação, bem como verificadas a estrutura cristalina e as propriedades magnéticas deste material. Para o ligante H2PDA, os compostos obtidos com cobre mostraram interessantes propriedades farmacológicas, em especial a inibição tumoral e atividade analgésica no sistema nervoso central. Para os sistemas com lantanídeos, foram obtidas redes tridimensionais e suas propriedades espectroscópicas foram investigadas teórica e experimentalmente. A cucurbit[6]urila se mostrou um ligante interessante para complexação com íons lantanídeos. O sistema Sm(Cu)-CB[6] obtido apresentou mudanças reversíveis de coloração em função da temperatura devido aos processos de hidratação e desidratação do composto, propriedades ópticas ainda não encontradas na literatura em compostos com cucurbiturilas. Foram obtidos ainda complexos deste ligante com Sm3+, Eu3+, Tb3+ e Tm3+. Para estes, foi possível a resolução da estrutura de monocristal e sua correlação com as propriedades espectroscópicas destes materiais.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12492
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Química

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE Fausthon Fred da Silva.compressed.pdf9,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons