Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12350
Título: Tendências de mudanças climáticas na precipitação pluviométrica no estado de Pernambuco
Autor(es): Silva, Roberto Omena Barbosa da
Palavras-chave: Variabilidade climática; Precipitação pluviométrica; RClimDex
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: SILVA, Roberto Omena Barbosa da. Tendências de mudanças climáticas na precipitação pluviométrica no Estado de Pernambuco. Recife, 2013. 94 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Tecnologia e Geociências, Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, 2013
Resumo: Diversos estudos têm demonstrado que o aumento da temperatura média do planeta causa uma intensificação do ciclo hidrológico, o que poderá ocasionar mudanças nos regimes das chuvas, como o aumento da ocorrência de eventos hidrológicos extremos, alterando fortemente a disponibilidade hídrica de uma região e a qualidade de vida da população. A análise da tendência de séries históricas de precipitação pluviométrica é uma das maneiras de se inferir a ocorrência de mudança climática local. Neste contexto, este trabalho objetiva a estimativa da tendência dos índices de detecção de mudanças climáticas elaborados pela OMM, referentes à precipitação pluvial diária, utilizando o software RClimDex, e a avaliação destas tendências para o estado de Pernambuco. Para isto, foram utilizados 75 postos pluviométricos bem distribuídos pelo Estado com séries históricas variando de 1962 a 2011, com cerca de 50 anos de dados. Os resultados mostraram que o estado de Pernambuco apresentou tendência de diminuição da precipitação total anual (PRCPTOT), da intensidade média diária de chuva (SDII), do número de dias em que a precipitação é maior que 10 mm (R10) e 20 mm (R20). Na análise por bacia hidrográfica principal, foram observadas tendências em vários índices de detecção de mudanças climáticas nas bacias dos rios Goiana, Capibaribe, Ipojuca, Sirinhaém, Una, Mundaú. Ipanema, Moxotó, Terra Nova, Brígida, Garças e Pontal. Concluiu-se que existem evidências de variabilidade climática tanto para o Estado, quanto para algumas de suas bacias hidrográficas principais: o estado de Pernambuco apresenta tendência da diminuição da chuva total anual e de eventos de chuvas moderados e fortes; foram verificados indícios de aceleração no processo de aridez das bacias dos rios Ipanema, Brígida e Garças e observou-se maior tendência do acontecimento de eventos extremos máximos de precipitação para as bacias dos rios Mundaú, Sirinhaém e Garças.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12350
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Roberto Omena.pdf3,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons