Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12267
Título: A atuação dos agentes ante as rotinas de melhorias contínuas de qualidade : estudo de casos em Pernambuco
Autor(es): MACHADO, Francisco Oliveira
Palavras-chave: Regras e Rotinas;Fazedor de Regra;Seguidor de Regra;Supervisor de Regra;Melhoria Contínua;Processo Produtivo
Data do documento: 24-Fev-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: MACHADO, Francisco Oliveira. A atuação dos agentes ante as rotinas de melhorias contínuas de qualidade: estudo de caso em Pernambuco. Recife, 2014. 391 f. Tese (doutorado) - UFPE, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-graduação em Administração, 2014..
Resumo: A tese buscou “compreender a adoção e as ações tomadas sobre regras/ferramentas/práticas de melhoria contínua de qualidade em rotinas no processo produtivo em seus aspectos ostensivos e performativos em organizações de manufatura atuantes no setor metal-mecânico e de material elétrico/eletrônico”. Em busca deste objetivo geral, um estudo qualitativo de dois casos foi desenvolvidos em Pernambuco. As evidências foram obtidas por meio de entrevistas por pauta, de observação simples no ambiente de trabalho e de análise documental. Os casos analisados apresentaram resultados distintos. O primeiro apresenta uma solidificação em um sistema de gestão baseado na Manutenção Produtiva Total – TPM – e nos padrões de qualidade oriundos da Organização Internacional de Padronização – ISO. O sistema permite o evidenciar de artefatos e de todos os três papéis agindo sobre as regras, ocasionando melhorias contínuas de qualidade no processo produtivo nesta atuação. O segundo caso, apesar de conter seu sistema de gestão alicerçado na ISO, não tem uma estruturação nos papéis de fazedor, seguidor e supervisor de regras de melhoria contínua no processo produtivo. Em consequência desta situação, evidenciar nas mais diversas fontes de informações, registros e/ou relatos de melhorias de processo, não foi possível. Portanto, a tese de que Agentes que exercem o papel de fazedores, seguidores e/ou supervisores de regras são responsáveis por estabelecer, consolidar e/ou alterar regras e rotinas de melhoria contínua da qualidade, considerando características do ambiente institucional e das ações realizadas em meio à interação no processo produtivo, foi confirmada. Por fim, almeja-se que os achados da tese possam contribuir (1) ao desenvolvimento de pesquisas futuras e (2) à gestão da melhoria contínua de processo produtivo nas organizações. Esta contribuição recai especialmente sobre: (1) o melhor entendimento do papel de “líder” na qualidade e (2) a compreensão das pessoas acerca das regras e rotinas de qualidade, ou seja, em seus aspectos ostensivos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12267
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE Francisco Oliveira Machado.pdf3,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons