Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12236
Título: Educação a distância para servidores públicos com uso do Moodle: uma investigação em uma instituição de ensino superior
Autor(es): NAVARRO, Maria Izabel Mello
Palavras-chave: Educação a distância (EAD); Moodle; Tecnologia de informação e comunicação (TIC)
Data do documento: 21-Jan-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: NAVARRO, Maria Izabel Mello. Educação a distância para servidores públicos com o uso do Moodle: uma investigação em uma instituição de ensino superior. Recife, 2014. 101 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-graduação em Administração, 2014..
Resumo: Este trabalho teve como objetivo geral analisar como os servidores técnico-administrativos avaliam a tecnologia de informação e comunicação – TIC utilizada na educação a distância – EAD em cursos de qualificação oferecidos por uma instituição de ensino superior – IES. Segue-se à contextualização resumida da EAD no mundo e no Brasil, da ligação da TIC com a EAD, do Moodle e uma breve história da evolução dos modelos de aceitação da tecnologia para, por fim, se conhecer o modelo de Sá Alves (2010). Este último estabelece construtos com base no modelo TAM de Davis (1989), com a adoção do construto Intenção de Uso Efetivo – IUE, em substituição ao construto Intenção de Uso – IU, o que o elegeu como um modelo propício e adequado para o estudo em questão. Quanto a escolha dos participantes, delimitou-se os servidores técnico-administrativos de uma Universidade Federal da região sul, por questões de disponibilidade e acessibilidade. Também foram entrevistados especialistas na área de EAD para ter-se uma visão complementar da temática investigada. Optou-se por uma abordagem qualitativa descritiva, por parecer mais adequada a atender ao objetivo inicialmente levantado. Dados foram obtidos por meio de questionários on-line com os servidores e entrevistas com os especialistas. Realizou-se análise de conteúdo das entrevistas e descritiva dos questionários. Os resultados indicam que os participantes avaliam positivamente o Moodle, mostrando-se este adequado para o tipo de curso implantado na instituição onde trabalham. Na perspectiva dos especialistas em EAD conclui-se que estes consideraram o Moodle uma plataforma rica em vantagens, como: gratuidade, interatividade, flexibilidade etc. Porém estas vantagens não garantem por si só sucesso entre os usuários. Há de se ter um planejamento adequado ao que se deseja e, ao mesmo tempo, realizar avaliações constantes para verificação do comprometimento e do conhecimento necessários no processo de ensino-aprendizagem.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12236
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Maria Izabel Navarro.pdf977,7 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons