Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12218
Title: Caracterização da Leishmania infantum e Leishmania (Viannia) braziliensis em cães provenientes da Região Metropolitana do Recife, Pernambuco
Authors: MEDEIROS, Rafael Acioli
Keywords: Leishmaniose canina;PCR – RFLP;Diagnóstico
Issue Date: 31-Jan-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: MEDEIROS, Rafael Acioli. Caracterização da Leishhmania infantum e Leishmania (Viannia) braziliensis em cães provenientes da Região Metropolitana do Recife, Pernambuco. Recife, 2013. 70 f. Dissertação (mestrado) - Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CCB. Biologia Aplicada à Saúde, 2013.
Abstract: As Leishmanioses são uma antropozoonose com ampla distribuição geográfica e ocorrência em torno de 88 países. Na Leishmaniose visceral americana (LVA), os cães domésticos são considerados os principais reservatórios da L. infantum no ambiente domiciliar. Diferentes perfis epidemiológicos da Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) têm sido caracterizados pela presença de casos humanos em áreas de colonizações antigas, sugerindo uma antropozoonose entre os animais domésticos por demonstrarem lesões tegumentares causadas pela Leishmania (Vianna) braziliensis. O diagnóstico das leishmanioses pode ser realizado através de métodos clínicos, epidemiológicos, parasitológicos, imunológicos e moleculares. Em áreas endêmicas o diagnóstico clínico e epidemiológico dessas zoonoses é dificultado pela similaridade clínica com outras doenças, tornando a utilização de exames laboratoriais de suma importância para confirmação diagnóstica. Em virtude da necessidade de diagnóstico especifico das leishmanioses na espécie canina, este trabalho tem como objetivo a utilização da PCR-RFLP, tendo como alvo o espaçador interno transcrito (ITS-1), para diferenciação das espécies de Leishmania em cães provenientes da Região Metropolitana do Recife. Foram coletadas 40 amostras de soro e medula de cães, 30 machos e 10 fêmeas, com idades entre 2 e 7 anos , que apresentaram suspeita clinica de leishmaniose quando atendidos no Hospital Veterinário da UFRPE. Foram realizados os testes diagnósticos de exame direto em medula e Reação indireta de imunoflorescência tanto para LTA quanto LVA. Além disso foi realizado a PCR-RFLP nas amostras de soro e urina para a pesquisa de L. infantum e L. (viannia) braziliensis. Dos 40 cães pesquisados 23 foram positivos para L.infantum e 17 foram negativos para as duas espécies pesquisadas. Quando comparado com os testes diagnósticos convencionais , 3 dos 23 cães foram positivos apenas na técnica molecular. Portanto, a ITS1-PCR RFLP pode ser uma importante ferramenta para o diagnostico e caracterização da leishmaniose canina em uma determinada região.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12218
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Aplicada à Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Rafael Medeiros.pdf822 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons