Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12166
Title: Eletrônica molecular: estudo ab initio da separabilidade eletrodo
Authors: Silva, Rodrigo Azevedo Moreira da
Keywords: Eletrônica Molecular;Teorema de Gleason;Função de Green de Não Equilíbrio;Corrente Elétrica
Issue Date: 31-Jan-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Devido à crescente importância da nanotecnologia nos dias de hoje, muito se tem pesquisado sobre suas aplicações nas mais diversas áreas. A substituição dos componentes microeletrônicos comuns por outros ainda mais compactos é um exemplo prático de sua possível aplicação. Em escala nanométrica, os efeitos quânticos de interação entre os componentes aumenta a complexidade da obtenção de alternativas viáveis aos dispositivos microeletrônicos comumente utilizados. Tem-se estudado muito ao longo dos últimos anos as propriedades de transporte de cargas através de várias moléculas orgânicas individuais isoladas, ou acopladas a meios que não correspondem a situações reais aplicadas. O objetivo dessa dissertação é o estudo da estrutura eletrônica de componentes individuais a saber, um fio nanoscópico e uma molécula estendida, de forma a elucidar os possíveis efeitos de interação entre ambos, e de buscar alternativas na modelagem de sistemas mais próximos da realidade. Ao utilizar ferramentas de análise baseadas em projetores, e matematicamente mais consistentes e rigorosas, observamos que, apesar dos efeitos quânticos de interação entre um eletrodo e uma molécula orgânica não poderem ser desprezados, dentro de um limite razoável, é possível separar as características do fio nanoscópico de modo a melhor estudar seus efeitos na molécula orgânica a ele acoplada.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12166
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rodrigo azevedo_dissertacao.pdf8.25 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons