Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12144
Título: Efeito do bioestímulo e do bioaumento sobre biodegração de paclobutrazol em solos
Autor(es): SANTOS FILHO, Ednaldo Amaro dos
Palavras-chave: Paclobutrazol; Biodegradação; Pseudomonas spp; Planejamento fatorial
Data do documento: 31-Jan-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Paclobutrazol é um regulador do crescimento de plantas que tem baixa mobilidade no solo e, portanto se acumula. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do bioestímulo e do bioaumento na biodegradação de paclobutrazol em solos não saturados. Através da aplicação de um planejamento fatorial 24, as influências da adição de glicerol, meio mineral, inóculo e o tipo de solo foram quantificadas. A adição de glicerol, meio mineral e inóculo aumentou a biodegradação. O maior crescimento foi obtido com adição de glicerol e meio mineral. O meio mineral foi o fator que apresentou o maior efeito sobre a biodegradação. O tipo de solo não foi significativo. Um modelo linear empírico para predizer a eficácia do tratamento foi construído com base nos resultados do planejamento fatorial com o valor de R2 de 98,58 %. A biodegradação máxima (95-96%) foi obtida pela adição do meio mineral e inóculo para ambos os solos utilizados. A estratégia de bioestímulo pela adição do meio mineral foi mais eficiente do que o bioaumento independente do solo utilizado.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12144
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Biotecnologia Industrial

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Ednaldo Santos Filho.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons