Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12135
Title: Morfologia e Sedimentologia do Litoral da Plataforma Continental Interna do Município de Acaraú – Ceará – Brasil
Authors: Moraes, Maria Valdirene Araújo Rocha
Keywords: Planície Litorâna;Plataforma Continental;Análise Multitemporal
Issue Date: 19-Apr-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O presente trabalho apresenta os resultados dos estudos da morfologia e sedimentologia da região costeira e da plataforma continental interna do município de Acaraú – Ceará e a análise multitemporal da linha de costa. Os objetivos focaram o estudo morfológico e sedimentológico no litoral leste, onde foram realizados 6 (seis) perfis topográficos e coletados sedimentos nos três segmentos praiais característicos da área (pós-praia, estirâncio e planície de maré); a análise sedimentológica da plataforma continental interna e o monitoramento multitemporal da linha de costa por meio de imagens de satélites Landsat 5 TM, dos últimos 21 anos. O método utilizado neste trabalho englobou pesquisas bibliográfica e geocartográfica, levantamento de campo (coleta de amostras, perfis praiais e caracterização ambiental) e análises granulométricas. A análise multitemporal se deu através de técnicas de Processamento Digital de Imagens (PDI). Utilizando os produtos digitais das imagens foi possível a identificação e caracterização dos principais elementos da paisagem. Essa identificação foi possível através do estudo das características espectrais dos resultados desses processamentos digitais. De acordo com os resultados obtidos para a morfologia praial, ocorreu erosão nos perfis 1, 2 e 3, enquanto que ocorreu deposição nos perfis 4, 5 e 6. Quanto às características sedimentológicas, verificou-se diferenciação entre os perfis monitorados. Nos perfis 1 e 2 observou-se uma região lamosa, enquanto que nos perfis 3, 4, 5 e 6 caracterizou-se como arenosa. O modelo batimétrico apresentou uma morfologia de fundo homogênea da isóbata de 0 a 12m. A partir desta isóbata o relevo apresentou-se com declividade suave e com poucas irregularidades, como canais de maré e colinas. O resultado da analise granulométrica da plataforma continental mostrou a predominância de areia bioclástica, caracterizada por apresentar de 70% a 100% de areia e entre 70% a 100% de CaCO3. Dos produtos (mapas) multitemporais da linha de costa pode-se constatar variações dos processos erosivos e construtivos intercaladas na escala do tempo, sendo o litoral leste, a região mais impactada pelos agentes modeladores das feições litorâneas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12135
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Geociências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_FINAL_VALDIRENE_FIGURAS.compressed.pdf8.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons