Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12110
Título: The Haddukan Family in Concert : uma análise do amadrinhamento entre transformistas e drag queens
Autor(es): Mesquita, Marina Leitão
Palavras-chave: Amadrinhamento; Transformistas; Drag queens
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O objetivo deste trabalho consiste em analisar a prática do amadrinhamento entre transformistas e drag queens, buscando compreender os significados atribuídos ao estabelecimento de laços socioafetivos e às suas experiências concernentes a vivência transgênero. Para compreender tais questões, a metodologia empregada nesta pesquisa consistiu em descrever densamente os fenômenos relativos às experiências e às práticas das integrantes da família investigada, com o intuito de construir uma etnografia do amadrinhamento. Nesse sentido, observei seus processos de montagem corporal, que precedem a realização de espetáculos; compareci aos ensaios preparatórios para suas performances; acompanhei todo o planejamento e preparação de um importante espetáculo e compareci aos seus shows noturnos, atentando para as reações do público. Foram realizadas, também, entrevistas em profundidade semiestruturadas com seis membros do grupo. Foi possível observar que o amadrinhamento se configura em um tipo de relacionamento complexo, que se estabelece entre uma transgênero experiente e uma iniciante. A relação é principiada a partir do repasse do sobrenome e sugere que a preceptora auxilie, conceda apoio e ensine seus conhecimentos sobre as técnicas de montagem e performance. Reciprocamente, à iniciada caberá demonstrar sua gratidão e adotar uma série de exigências estéticas e comportamentais consideradas ideais pelo grupo. Portanto, há uma convergência entre práticas tradicionais e subversivas, no que tange às similitudes com o compadrio e à performance de gênero das artistas trans, que não se adequa a uma matriz heteronormativa, Engendram-se, ainda, relações de poder evidenciadas pela busca do prestígio e pela capacidade de proporcioná-lo através da doação do nome, articulando-se a relações recíprocas de transmissão de saberes e apoio mútuo.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12110
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Marina Leitão Mesquita.pdf2,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons