Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12029
Título: Análise da expressão de carboidratos em tecidos mamários humanos empregando lectinas conjugadas a pontos quânticos
Autor(es): ANDRADE, Camila Galvão de
Palavras-chave: pontos quânticos; lectinas; carboidratos; câncer de mama
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A compreensão dos processos que levam ao desenvolvimento e progressão do câncer continua sendo um desafio para a ciência. Nesse contexto, sondas fluorescentes são consideradas uma ferramenta de grande utilidade na biologia, devido à sua capacidade de fornecer uma visualização específica e mais detalhada de estruturas celulares e conteúdo molecular. O objetivo deste trabalho foi avaliar a expressão de carboidratos em tecidos mamários humanos normais e compará-los com tecidos transformados benigna (fibroadenoma) e malignamente (carcinoma ductal invasivo). Para isso, foram utilizadas sondas fluorescentes formadas pela conjugação de pontos quânticos (PQs) às lectinas Concanavalina A (Con A) e Ulex europaeus-I (UEA-I), reconhecedoras, respectivamente, de resíduos de glicose/manose e fucose. Foram sintetizados PQs de CdTe/CdS, funcionalizados/estabilizados com o ácido mercaptosuccínico (AMS). Os conjugados foram avaliados através de espectroscopia de absorção e emissão, ensaios de fluorescência em microplaca (EFM), determinação da atividade hemaglutinante e ensaios de inibição. Cortes de mama normal, fibroadenoma e carcinoma ductal invasivo foram desparafinizados, hidratados e então incubados com os conjugados PQ-Con A e PQ-UEA. A análise da conjugação por EFM apresentou um aumento de 251% para PQ-Con A e 123% para PQ-UEA na intensidade de fluorescência, quando comparado aos controles, indicando que a bioconjugação foi efetiva. As caracterizações mostraram que o conjugado PQ-lectina permaneceu funcional, mantendo as propriedades fluorescentes e de reconhecimento de carboidratos. Em relação à marcação, o conjugado PQ-Con A marcou intensamente o estroma e as células ductais, enquanto o PQ-UEA marcou preferencialmente as células ductais. Os resultados mostraram que conjugados de PQ-lectinas podem ser utilizados como sondas moleculares e assim ajudar a elucidar processos biológicos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12029
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Biologia Aplicada à Saúde

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Camila Andrade.pdf2,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons