Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1194
Título: Um estudo da relação entre o ambiente dos provadores de roupa em lojas de vestuário e a avaliação e decisão de compra do consumidor
Autor(es): BRITTO, Márcia Jordão
Palavras-chave: Comportamento do consumidor; Atmosfera de loja; Provadores de roupa
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Jordão Britto, Márcia; Alencar de Farias, Salomão. Um estudo da relação entre o ambiente dos provadores de roupa em lojas de vestuário e a avaliação e decisão de compra do consumidor. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: A atmosfera de loja foi proposta por Kotler (1973) como uma ferramenta de marketing que utiliza o planejamento consciente do espaço para obter determinadas respostas dos consumidores. No varejo de vestuário, o ambiente dos provadores de roupas é um dos espaços que pode compor a atmosfera de loja. A presente dissertação investigou como o ambiente dos provadores de roupas em lojas de vestuário se relaciona com os estágios de avaliação e decisão de compra do consumidor. O estudo possui uma abordagem qualitativa, realizando-se para a coleta de dados uma pesquisa de campo com a utilização de entrevistas com consumidores e vendedores, observação direta em ambientes de provadores e observação indireta por meio de fotografias. Na análise do material coletado foram usados os métodos de foto-documentação e de análise de conteúdo. Os principais resultados indicam que, em relação aos fatores sensoriais do ambiente, espaços pequenos e quentes podem diminuir o tempo de permanência no local, a iluminação indireta é preferida pelos consumidores e a ausência de espelhos, bancos ou prendedores de roupas pode irritar os clientes. No tocante aos aspectos sociais, a privacidade é um elemento importante e a opinião de familiares, amigos e vendedores podem influenciar na decisão de consumo, já em relação a divergências entre homens e mulheres, poucas diferenças foram encontradas e, ambos, podem ser influenciados por estímulos presentes no ambiente dos provadores
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1194
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo270_1.pdf1,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.