Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11910
Título: Guerra na terra e no mar: um conflito socioambiental entre pescadores de lagosta em Icapuí - CE
Autor(es): BRASIL, Eduardo do Prado
Palavras-chave: Conflito socioambiental; Desenvolvimento econômico; Índustria pesqueira; Pesca artesanal
Data do documento: 24-Mar-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Uma verdadeira guerra na terra e no mar, entre pescadores de lagosta, vem se desenrolando nas praias do município cearense de Icapuí. Artesanais contra industriais. Então me proponho através desse trabalho, mostrar o choque de sistemas produtivos que ocasiona esse conflito socioambiental, através de um estudo etnográfico, onde o modo artesanal pode desaparecer, atingindo várias comunidades artesanais de pesca de lagosta. E ainda como acontecimentos do contexto político, social e cultural da atualidade, que se tornaram globais, fortemente influenciam a experiência da localidade, são chaves essenciais para o entendimento desse conflito. Além disso, refletir sobre o conhecimento local produzido pelas comunidades artesanais de pesca de lagosta fornece elementos para uma crítica ao desenvolvimento capitalista industrial, para assim podermos pensar na construção de novos tipos de sistemas, no contexto de um mundo onde isso não parece possível.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11910
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Eduardo do Prado Brasil.pdf2,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons