Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11901
Título: Bebendo entre amigos: um estudo antropológico sobre uso de bebidas alcoólicas na casa de apoio à saúde indígena de Roraima.
Autor(es): Hermano, Brasilina Morais
Palavras-chave: Alcoolismo; Alcoolização; Saúde indígena; Índios Yanomami; Bebidas alcoólicas na CASAI/RR
Data do documento: 5-Dez-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O presente trabalho é um estudo sobre o uso de bebidas alcoólicas pelos internos pacientes e acompanhantes indígenas na CASAI/RR. Assim, tem como objetivo conhecer os fatores que estão envolvidos no uso de bebidas alcoólicas e suas implicações na CASAI/RR. A base desse estudo está voltada para o Povo Yanomami. O estudo tem como metodologia a pesquisa etnográfica, que envolveu uma revisão bibliográfica sobre uso de álcool e uma leitura das principais etnografias. O referencial etnográfico utilizado de diversos estudos sobre os Yanomami entre eles Albert, Ramos, Ramirez, Smiljanic, Lizot, Pellegrini e outros. Na temática o uso de bebidas alcoólicas entre os povos indígenas, os estudos foram pautados em estudiosos como Langdon, Menendez, Oliveira, Souza, Garnelo entre outros. O trabalho de campo foi realizado a partir da observação participante e utilização de entrevistas não estruturadas, com pacientes e acompanhantes, profissionais de saúde e lideranças Yanomami. A partir destes estudos e da pesquisa de campo foi possível chegar a algumas conclusões como entender o sentido de beber para os Yanomami, os meios de aquisição da bebida alcoólica a partir do contato e hoje o consumo da bebida alcoólica na CASAI/RR. O entendimento sobre o papel da instituição CASAI/RR, na visão dos Yanomami, pode contribuir para fomentar o uso da bebida alcoólica. Além disso, outros fatores, de ordem institucional, foram identificados como preponderantes para as diversas carreiras do uso de bebidas alcoólicas e, consequentemente, desencadeadoras de situações de “conflitos e violência” prejudicial ao tratamento de saúde, aos quais estão submetidos, resultando inclusive em casos irreversíveis que levam a óbito.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11901
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO BRASILINA MORAIS HERMANO.pdf1,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons