Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1187
Title: Os efeitos da Governança Corporativa sobre os Ratings de crédito e Spread de Debêntures
Authors: dos Santos Silva, Edilson
Keywords: Governança Corporativa; Debêntures; Ratings de Crédito; Spread
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: dos Santos Silva, Edilson; Florêncio dos Santos, Josete. Os efeitos da Governança Corporativa sobre os Ratings de crédito e Spread de Debêntures. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Em um mercado competitivo, algumas empresas procuram se diferenciar como empresas com boa governança , e assim, tornam-se mais atraentes para aos investidores, aumentando a quantidade de investidores interessados em alocar recursos em seus projetos. Outro aspecto relevante para os investidores são os ratings de crédito, que auxiliam no processo de compra ou venda de títulos destas empresas. O objetivo principal deste estudo é verificar se a qualidade das práticas de governança corporativa das empresas listadas na Bovespa tem alguma relação com a qualidade dos ratings e o spread das debêntures emitidas pelas empresas, entre 2005 e 2007. Os dados foram coletados no site da Comissão de Valores Mobiliários e do Sistema Nacional de Debêntures e tratados com a utilização do método Probit Ordenado e Mínimos Quadrados Ordinários. Os resultados mostraram que as práticas de governança (medido pelo IGC) influenciam negativamente a qualidade de crédito, em relação à variável concentração de propriedade (CP) quando em substituição ao IGC apresentou sinal positivo, resultado que corrobora com outros estudos semelhantes. Com relação ao spread obteve-se resultados não conclusivos, pois o índice de governança não apresentou sinal constante em conjunto com a variável de desempenho ROA. No entanto, ao substituir o índice de governança pela variável de concentração de propriedade foi encontrada uma relação negativa com o spread, sinalizando que os spreads pagos pelas empresas tendem a ser menores com a alta concentração de propriedade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1187
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo255_1.pdf533.56 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.