Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11732
Título: Florística, distribuição geográfica e efeito da fragmentação e perda de habitats das samambaias ocorrentes em Floresta Atlântica (Alagoas, Brasil)
Autor(es): PEREIRA, Anna Flora de Novaes
Palavras-chave: Biodiversidade; Fragmentação florestal; heterogeneidade de habitats; extinção de espécies
Data do documento: 31-Jan-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A fragmentação e a perda de habitats são as mais importantes transformações ambientais que afeta significativamente a abundância e a distribuição de espécies nas paisagens atuais. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência desses dois processos sobre as comunidades de samambaias ocorrentes em uma paisagem fragmentada de Floresta Atlântica em Alagoas (Brasil). Foram amostrados dez fragmentos e em cada um deles foram marcadas quatro parcelas de 10x20m para a coleta dos dados biológicos. O Generalized Linear Models (GLMs) foi aplicado para avaliar os efeitos das variáveis físicas (extensão de área núcleo, forma, quantidade de microhabitats e isolamento) sobre a riqueza, abundância e diversidade das samambaias. Para a analise de composição foi realizada uma análise de ordenação MDS e aplicado o teste de permutação ANOSIM, além de testes de freqüências para presença de grupos ecológicos específicos. Foram encontradas oitenta espécies de samambaias distribuídas em 18 famílias e 36 gêneros. O GLMs mostrou que todas as variáveis descritoras analisadas explicam as variações na riqueza e diversidade entre os fragmentos analisados, no entanto, não indicou influência sobre a abundância das espécies. Não foi observado formação de grupos florísticos, sendo os aspectos ecológicos importantes na distribuição das espécies entre os fragmentos. Os resultados constataram que a fragmentação e a perda de habitat exercem influência negativa sobre a composição, riqueza e diversidade de samambaias na região analisada, representada pela restrição de habitats adequados para ocorrência das espécies mais sensíveis às mudanças causadas pelo desmatamento, supressão de área núcleo e efeitos de homogeneidade do habitat.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11732
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Biologia Vegetal

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PDF_FINAL.pdf2,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons