Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1168
Título: Governança Corporativa e Estratégia: Evidências de Associações e Implicações para o Desempenho Financeiro de Indústrias Brasileiras
Autor(es): Mendes da Silva, Wesley
Palavras-chave: Mercado de capitais;Industria manufatureira
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Mendes da Silva, Wesley; Fernando Araújo de Moraes, Walter. Governança Corporativa e Estratégia: Evidências de Associações e Implicações para o Desempenho Financeiro de Indústrias Brasileiras. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: A governança corporativa tem motivado pesquisas em várias áreas do conhecimento. Dentre elas, a de Finanças tem dedicado uma parcela substancial de trabalhos publicados recentemente. No âmbito nacional, ainda é tímida a literatura acerca dos reflexos que as práticas de governança corporativa podem trazer para o desempenho financeiro das empresas. Esta dissertação constitui-se em um estudo longitudinal que analisou, empiricamente, as implicações das práticas de governança corporativa e das estratégias de diversificação, no desempenho financeiro de um conjunto de 168 empresas industriais brasileiras, listadas na Bolsa de Valores de São Paulo, no período de 1999 a 2001. Utilizando cinco variáveis de desempenho financeiro, sete de governança corporativa, e duas de estratégia de diversificação, por meio de uma análise multivariada, pôde-se, a partir de evidências, chegar a conclusões que apontam a influência de algumas práticas de governança corporativa, assim como postura estratégica de diversificação, no desempenho financeiro das empresas estudadas. Não se identifica, porém, um modelo-padrão de relacionamento, estatisticamente significativo entre as variáveis. Constatou-se, ainda, que tais associações podem alterar-se de acordo com o tamanho das empresas. Considerando os achados, sugere-se que as boas práticas de governança corporativa, as quais são determinantes para as decisões estratégicas, figurem como alternativa para atingir desempenho superior por parte das empresas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1168
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1719_1.pdf2,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.