Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11509
Título: Adoção de práticas de gestão de cadeia de suprimentos e contabilidade interorganizacional nas indústrias de médio e grande porte situadas na Região Metropolitana de Recife
Autor(es): Lopes, Leandro da Costa
Palavras-chave: Gestão de Cadeia de Suprimentos; Contabilidade Interorganizacional; Práticas de Gestão; Compartilhamento de Informações Gerenciais; Contabilidade - empresas; Administração financeira; Administração – Gerência de Unidades de Informação
Data do documento: 24-Fev-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo verificar quais aspectos do perfil dos responsáveis pela Gestão da Cadeia de Suprimentos e características das indústrias de médio e grande porte instaladas na Região Metropolitana do Recife estão associados com as práticas de GCS e Contabilidade Interorganizacional adotadas. Para a consecução deste objetivo foi realizada uma revisão na literatura nacional e internacional com o propósito de destacar o tema, que ainda é pouco discutido na contabilidade, e identificar as principais práticas e tipos de informações gerenciais compartilhadas na cadeia de suprimentos. A metodologia adotada foi um survey realizado através de aplicação de questionários online enviados para os responsáveis pela GCS de 112 indústrias. A amostra alcançada foi composta por 59 indústrias. Para analisar os dados e testar as hipóteses criadas a partir do objetivo geral, inicialmente foi realizada a análise descritiva e, em seguida, foram aplicados, com auxílio do software estatístico IBM SPSS (versão 20), os testes Qui-Quadrado e Exato de Fisher, ambos considerando um nível de significância de 5%. O principal resultado extraído da análise descritiva dos dados revelou que a Contabilidade Interorganizacional, isto é, o compartilhamento de informações gerenciais entre os membros da cadeia, é a prática de GCS mais recorrente nas indústrias. A partir dos resultados dos testes de hipóteses, observou-se que dentre os aspectos do perfil destaca-se que quanto menor o tempo de experiência na área, maior será o número de práticas de GCS adotadas e informações compartilhadas com clientes, fornecedores e operadores logísticos. Resultado semelhante foi observado em relação às características das indústrias, aquelas que existem entre 6 e 20 anos são as que adotam o maior número de práticas de GCS e informações compartilhadas com clientes. Dentre as características das empresas associadas significativamente com as principais práticas de GCS e principais informações compartilhadas destacam-se o seu tempo de existência, setor de atividade econômica, número de funcionários, país de origem e faixa de faturamento.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11509
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Contábeis

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LEANDRO DA COSTA LOPES - MESTRADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS - 2014.pdf1,36 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons