Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11472
Title: Entendendo as Relações entre Coesão Percebida e algumas Dimensões de Efetividade em Equipes de Software: Um Estudo Multimétodo em Empresas de Software
Authors: Morais, Alysson Barros de
Keywords: Coesão;Equipes de Software;Engenharia de Software;Efetividade de Equipes;Fatores Humanos;Estudo de Caso
Issue Date: 25-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Soluções de Softwares de alta tecnologia que facilitam a vida das pessoas geralmente estão associados à capacidade técnica em criar e implementar essas soluções. Geralmente nesse cenário, as pessoas participam de equipes que interagem buscando objetivos comuns. Estudamos um dos aspectos humanos de Equipes de Engenharia de Software que afetam os resultados finais: A Coesão ou a força que une as pessoas em busca de objetivos em comum. Buscamos entender esse complexo construto, os fatores que poderiam afetar ou serem afetados pela Coesão e relacioná-los com alguns antecedentes da Efetividade, tais como: pontualidade, absenteísmo, rotatividade e o comprometimento organizacional. Inicialmente aplicamos um questionário com 131 participantes que mensura o nível de Coesão da Equipe, baseado na escala de percepção individual da coesão (PCS - Perceived Cohesion Scale ) criado por Bollen & Hoyle (1990). A partir dos dados do PCS classificamos as 25 Equipes em: mais Coesas, menos Coesas e com Coesão intermediária e usando um algoritmo de clusterização k-medoids selecionamos as Equipes mais representativas de cada um desses grupos para realização de um Estudo de Caso. No Estudo de Caso buscamos evidências que levaram às Equipes à Coesão ou a ausência da Coesão através de entrevistas semi-estruturadas com todos os indivíduos das Equipes selecionadas, que totalizaram 13 participantes. A partir das transcrições e codificações das entrevistas, usando procedimento de Teoria Fundamenta nos Dados (Grounded Theory), encontramos evidências que a Coesão não estaria proporcionalmente relacionada com a Efetividade (considerando os antecedentes já citados), mas encontramos fortes indícios que reuniões sociais, fora do ambiente de trabalho e reuniões técnicas, relacionadas as tarefas, ajudavam a aumentar a coesão da equipe. Encontramos que atividade técnicas que não necessitam de interação ou podem ser desenvolvidas de maneira isolada, associada com o fato de uma baixa rotatividade entre equipes em um ambiente com pouca ou nenhuma reunião, tanto social como técnicas, favorecem o enfraquecimento da coesão da equipe.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11472
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Alysson de Morais.pdf2.9 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons