Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11423
Title: Novos agentes anti-inflamatórios tiazolidínicos: síntese, elucidação estrutural e efeitos biológicos
Authors: SANTOS, Sanderssonilo de Albuquerque dos
Keywords: Analgésico; Anti-inflamatório; Inflamação; Tiazolidina
Issue Date: 31-Jan-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A inflamação é um processo complexo e dinâmico iniciado pelo corpo em resposta a uma lesão tecidual ou infecção que culmina na liberação sequencial de mediadores que conduzem à vasodilatação, aumento da permeabilidade vascular, formação de edema e a ativação de fibras de dor. O processo inflamatório está presente em várias patologias, como a artrite e a osteoartrite. Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 80% dos brasileiros com idade acima de 70 anos são portadores de uma destas doenças, sendo imprescindível a utilização de anti-inflamatórios para combater o processo de inflamação. Contudo, esta utilização pode levar a efeitos secundários como ulceração gástrica e hemorragia, despertando a necessidades de novas drogas capazes de inibir o processo inflamatório sem apresentar os riscos advindos da sua administração. Diante desta problemática, diversos estudos apontam as tiazolidinas como portadoras de significativas atividades biológicas. Pois, estudos comprovam o potencial anti-inflamatório e analgésico de derivados tiazolidínicos com reduzidos efeitos gastrointestinais. Nesse contexto, propomos a obtenção de novos derivados tiazolidínicos, sua elucidação estrutural e determinação da atividade anti-inflamatória através dos testes de peritonite induzida por carragenina, contorções abdominais induzidas por ácido acético e determinação dos níveis de NO. Os compostos tiveram suas estruturas devidamente comprovadas por RMN-1H, RMN-13C e IV. Todos os derivados foram sintetizados de acordo com uma via plena e convergente, através de reações de N-alquilação, condensação e posterior adição de Michael. Seis compostos foram avaliados in vivo e comparados com fármacos padrões. Os compostos GQ-246, GQ-252 e GQ-273 foram os mais ativos da série, apresentando um percentual de inibição da migração celular de 80,7%, 81,8% e 77,4% respectivamente, em teste de peritonite induzida por carragenina. Estes resultados comprovam mais uma vez a potencial atividade anti-inflamatória das tiazolidinadionas e nos remete a necessidade realização de testes capazes de avaliar a toxicidade destas moléculas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11423
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Inovação Terapêutica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Sanderssonilo dos Santos - Cópia.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons