Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11404
Title: Acesso com (in) sucesso? O Programa de Incentivo Acadêmico na Universidade Federal de Pernambuco – BIA/UFPE
Authors: NUNES, Maria Christina de Medeiros
Keywords: Políticas Públicas;Pesquisa avaliativa;Acesso e permanência no ensino superior
Issue Date: 18-Apr-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: NUNES, Maria Christina de Medeiros. Acesso com (in) sucesso? o Programa de Incentivo Acadêmico na Universidade Federal de Pernambuco - BIA/UFPE. Recife, 2013. 167 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CCSA, Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste, 2013.
Abstract: Esta dissertação apresenta os resultados de uma pesquisa avaliativa sobre a eficácia do Programa de Incentivo Acadêmico - BIA, no âmbito da Universidade Federal de Pernambuco, no período de 2004 a 2010. O Programa foi denominado BIA, em razão de sua vinculação à concessão de uma bolsa de incentivo acadêmico - bolsa BIA no primeiro ano do curso de graduação aos melhores estudantes classificados no vestibular, oriundos de escolas públicas. Tem como objetivo principal auxiliar na adaptação desses estudantes à vida universitária, adotando como estratégia sua vinculação a projetos de pesquisa e/ou extensão, sob a coordenação de um orientador-tutor. A implantação do Programa ocorreu em 2004, por iniciativa conjunta da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco – FACEPE e da Secretaria Estadual de Educação e Cultura – SEDUC, em parceria com as universidades públicas do Estado, num contexto em que as discussões sobre políticas afirmativas e cotas predominavam o ambiente acadêmico, em especial o das Instituições Federais de Ensino Superior – IFES. O foco da avaliação abrange duas dimensões: acadêmica e gestão político-institucional e gerencial. Na dimensão acadêmica, a avaliação busca mostrar a influência do programa na trajetória acadêmica dos estudantes egressos do Programa, por meio de indicadores de desempenho acadêmico e de engajamento em outros programas institucionais; e o olhar do orientador sobre a participação do estudante nas atividades acadêmicas, a avaliação do Programa e sua contribuição na inserção do estudante na vida universitária. Na dimensão da gestão político-institucional e gerencial, considerando a importância de atualização permanente dos processos de gestão, são analisados os avanços obtidos desde sua implementação; e as fragilidades existentes, na perspectiva de contribuir ao seu contínuo aperfeiçoamento, pressuposto inerente ao processo de avaliação. A opção metodológica adotada é a da pesquisa avaliativa aplicada, de natureza exploratório-descritiva, de tipo quantitativa e qualitativa, associada à técnica de coleta de dados primários e secundários, por meio da pesquisa de campo e consultas documentais, tendo o Sistema de Informações de Gestão Acadêmica – SIG@ como principal fonte de pesquisa para a avaliação da situação acadêmica dos egressos do Programa. A análise dos resultados aponta que na dimensão acadêmica, o Programa se mostra como um valioso instrumento auxiliar na adaptação à vida universitária do estudante ingressante na universidade, demonstrado por elevados índices do desempenho acadêmico, de conclusão do curso no tempo regular, e índices reduzidos de retenção e evasão. No olhar do orientador, apesar da imaturidade acadêmica e fragilidades escolares anteriores vivenciadas pela maioria dos bolsistas, o Programa exerce papel importante no acesso, permanência e sucesso do estudante oriundo de escolas públicas no ambiente universitário, com recomendações de fortalecimento e ampliação de seu público alvo. Na dimensão da gestão os resultados indicam avanços nos aspectos gerenciais, de natureza administrativo-operacional. Na gestão político-institucional persistem fragilidades que apontam para o alinhamento do programa, com indicativos aos tomadores de decisão da FACEPE e UFPE para a revisão de critérios de elegibilidade e metas de público-alvo, na perspectiva da universalização do acesso a todos os estudantes ingressantes oriundos de escolas públicas oficiais da rede estadual e municipal, como requisito de eficácia na cobertura do Programa.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11404
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste



This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons