Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1140
Título: Formulação e Implementação de Estratégias em Empresas Industriais do Pólo de Confecções do Cluster de Santa Cruz do Capibaribe
Autor(es): Vinícius Medeiros de Lucena, Marcus
Palavras-chave: Estratégia; Competitividade; Confecções
Data do documento: 2004
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Vinícius Medeiros de Lucena, Marcus; Fernando Araújo de Moraes, Walter. Formulação e Implementação de Estratégias em Empresas Industriais do Pólo de Confecções do Cluster de Santa Cruz do Capibaribe. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Resumo: Pouco tem sido escrito sobre as razões do êxito alcançado pelo pólo de confecções de Santa Cruz do Capibaribe que, a despeito das condições macroeconômicas adversas e da hipercompetição existente nesse setor, vem apresentando crescimento constante. Tal desempenho, sugere a existência de uma configuração organizacional peculiar capaz de propiciar uma vantagem competitiva. Imbuído de curiosidade investigativa, o autor busca analisar como as micro e pequenas empresas industriais formulam e implementam suas estratégias empresariais. Dessa forma, procedeu-se, inicialmente, a uma revisão da bibliografia sobre o tema. Com base nos elementos colhidos, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com um estrato intencionalmente escolhido. As entrevistas foram transcritas e analisadas, empregando-se a técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados obtidos revelaram a caracterização de um ambiente tipicamente empreendedor, em que predomina o empirismo, o não-formalismo e no qual a adaptação às mudanças ambientais tem por principal sustentáculo a experiência e a intuição do empresário que centraliza o poder. Na grande maioria das empresas visitadas prevalece a estrutura familiar, cabendo ao proprietário e seus descendentes o exercício da gerência ou da supervisão das atividades. Existe total informalidade quanto à divisão das tarefas e os sistemas de controle, quando adotados, são extremamente frágeis
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1140
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1604_1.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.