Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11362
Título: A Multimodalidade no CD-ROM interchange third edition: uma investigação à luz da gramática do design visual
Autor(es): Holanda, Maria Eldelita Franco
Palavras-chave: Semiótica Social; Materiais Didáticos; Multimodalidade; Gramática do Design Visual; Imagem
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A presente tese insere-se na área da Semiótica Social, com foco na multimodalidade que está presente na interação humana e em todos os gêneros textuais. A multimodalidade é abordada nesta pesquisa em função de sua presença nos materiais didáticos nos quais vem sendo amplamente trabalhada, com a conjunção de vários modos semióticos, de forma a favorecer a compreensão da significação A relevância dessa combinação para o ensino, especialmente da língua inglesa, motivou investigar-se a multimodalidade na coleção New Interchange Intro, com enfoque na análise da imagem em movimento do CD-ROM que integra a referida coleção. Desta forma, esta tese objetiva analisar a metafunção composicional da Gramática do Design Visual, de Kress e Van Leeuwen (2006), nas imagens do videoclipe e nas atividades do CD-ROM, em um contexto de letramento multimodal. O arcabouço teórico adotado centra-se na semiótica social (HODGE e KRESS, 1988 e VAN LEEUWEN, 2005), na multimodalidade (KRESS, 2009, 2010; JEWITT, 2006, 2008, 2009; KRESS e VAN LEEUWEN, 2001, 1996[2006]) e na Gramática do Design Visual (KRESS e VAN LEEUWEN, 2001; 2006). Enfoca-se, na análise a metafunção composicional, enfatizando os princípios: valor da informação, saliência e enquadramento. Como categoria complementar, usou-se a Análise da Interação Multimodal, de Norris (2004; 2011); os Multiletramentos, de Cope e Kalantizis (2000, 2012), e de Unsworth (2001), e a imagem em movimento, de Van Leeuwen (2005), de Burn & Parker (2006) e de Iedema (2001). A pesquisa, de natureza qualitativa (BAUER, e GASKEL, 2002), consiste na investigação descritiva e analítica do corpus, propondo um modelo para a análise das imagens em movimento e das atividades. O corpus se constitui de seis unidades de sequências dramatizadas do videoclipe disponibilizadas no CD-ROM, dentre as quais são analisadas três sequências de imagens em movimento e, em média, duas atividades com imagens em movimento e imagens estáticas. Nas análises, verificou-se como os significados composicionais, valor da informação, saliência e enquadramento se manifestam na organização e na coerência das imagens dos videoclipes do CD-ROM e como estes contribuem para o letramento visual multimodal nas atividades propostas. Os resultados das análises indicam que o CD-ROM Interchange Intro Third Edition é um suporte multimodal, com pelo menos quatro semioses – imagem (estática e em movimento), fala, texto verbal e música –, que se integram para ensinar a língua inglesa, numa abordagem comunicativa, com destaque para o ensino da gramática e do vocabulário, demonstrando, deste modo, que os recursos visuais e verbais se associam para a construção de sentido das histórias apresentadas nos videoclipes. Verificou-se, entretanto, no material analisado, uma lacuna em relação ao letramento visual multimodal que, embora presente, é pouco explorado. Os resultados das análises apontam para a necessidade de uma exploração sistemática do letramento visual e da multimodalidade no CD-ROM analisado, para que possam contribuir de forma mais efetiva para o desenvolvimento da competência comunicativa multimodal do aprendiz.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11362
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Linguística

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE MARIA ELDELITA FRANCO HOLANDA.pdf7,91 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons