Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11306
Título: Avaliação dos efeitos da substituição da cal hidratada por cinzas de algaroba em argamassas de revestimento
Autor(es): Nascimento, Jônatas Elim Maciel Frutuoso do
Palavras-chave: Argamassa; Cal hidratada; Cálcio; Algaroba; Cinza de madeira; Estado fresco e endurecido
Data do documento: 25-Fev-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: NASCIMENTO, Jônatas Elim Maciel Frutuoso do. Avaliação dos efeitos da substituição da cal hidratada por cinzas de algaroba em argamassas de revestimento. Recife, 2014. 99 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro Acadêmico do Agreste, Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental, 2014.
Resumo: O presente trabalho investiga a influência da substituição gradual da cal hidratada CH I pela cinza de Algaroba (0%, 25%, 50%, 75%, 100%) em termos de propriedades das argamassas nos estados fresco e endurecido, tendo-se como hipótese norteadora do estudo que essas argamassas alternativas possuem características usuais à aplicação em obra. Foi avaliado o traço em volume 1:2:x:9 (cimento, cal, cinza, areia) para duas condições: quantidade de água constante e consistência constante, tomando como base a argamassa de referência (0% de cinza). Para tanto foram avaliados no estado fresco: reologia das argamassas (reometria de mistura, reometria de cisalhamento e reometria compressiva - Squezze Flow); retenção de água; calorimetria de condução isotérmica; e, densidade de massa e teor de ar incorporado. No estado endurecido: permeabilidade; porosidade; absorção capilar; e, resistências à tração diametrial, à flexão e à compressão. Todos os ensaios obedeceram a preconizações da ABNT. Além disso, também foi caracterizada a cinza de Algaroba físico-química e microestruturalmente. Os resultados indicaram que é possível substituir até 100% de cal por cinza de Algaroba beneficiada em malha 200 sem prejuízos aos sistemas cimentícios, proporcionando alterações mínimas em relação as propriedades reológicas e mecânicas das argamassas mistas. As semelhanças físico-químicas da cinza (carbonato de cálcio) com cales CH III, cujos nos componentes químicos estão inclusas quantidades significativas de CaCO3, ratificam essa compatibilidade da cinza de Algaroba com sistemas cimentícios em substituição à cal. A presença da cinza de Algaroba em substituição parcial da cal reduz a necessidade de água do sistema, podendo, ainda, se ter ajustes de otimização na dosagem. Por fim, ensaios de calorimetria de condução isotérmica indicaram que a presença do resíduo possibilitou a criação de novos de nucleação das fases hidratadas do cimento, com alterações nas quatro regiões de hidratação.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11306
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil e Ambiental

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Jônatas Elim Maciel.pdf2,93 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons