Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11245
Título: Análise das ações de prevenção da violência e promoção da saúde no município de Olinda: estudo de caso
Autor(es): Silva, Fernanda Ferraz e
Palavras-chave: Prevenção & Controle; Violência; Promoção da Saúde; Política de Saúde
Data do documento: 16-Ago-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: SILVA, Fernanda Ferraz e; SÁ, Ronice Franco de. Análise das ações de prevenção da violência e promoção da saúde no município de Olinda: estudo de caso. Recife, 2012. 172 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva, 2012.
Resumo: Os Núcleos de Prevenção da Violência e Promoção da Saúde (NPVPS) foram designados para articular e coordenar ações intersetoriais, propondo como linha de atuação a construção de informações voltadas à intervenção e formação de redes de atenção, promoção à saúde e prevenção de acidentes e de violências. Objetivou-se conhecer e analisar as ações de Prevenção da Violência e Promoção da Saúde desenvolvidas pelo Núcleo de Prevenção de Acidentes e Violência (NUPAV) no município de Olinda, enquanto membro da Rede Pernambucana de Municípios Saudáveis. Utilizou-se a abordagem qualitativa, por meio da triangulação entre entrevista semi-estruturada, observação sistemática e análise documental, analisada com base na Análise de Conteúdo Temática. Foram realizadas doze entrevistas com indivíduos direta e indiretamente ligados ao NUPAV, desde gestores do Núcleo a funcionários de outros programas. Verificou-se que a violência doméstica é o foco de prevenção do Núcleo, em detrimento de outras violências e acidentes. Observou-se que Olinda é um município incipiente no desenvolvimento de políticas públicas destinadas a Promoção da Saúde. Percebeu-se que o planejamento e realização de ações de Promoção da Saúde seguem uma abordagem médico tradicional, numa perspectiva reducionista e setorizada do NUPAV. Aponta-se para a necessidade de formação de alianças intersetoriais em uma visão holística integradora e multidisciplinar para o desenvolvimento de políticas públicas focadas em ações articuladas na melhoria do meio ambiente, habitação, infra-estrutura urbana e, consequentemente, da saúde da população olindense.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11245
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Saúde Coletiva

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fernanda Ferraz e Silva PDF Versão Final.pdf2,29 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons