Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11231
Title: Discurso e atividade matemática de praticantes de patchwork
Authors: SANTOS, Ernani Martins dos
Keywords: Patchwork; Produção de Sentidos; Jogos de linguagem; Comunidade de prática.
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: SANTOS, Ernani Martins dos. Discurso e atividade matemática de praticantes de patchwork. Recife, 2012. 177f. : Tese (doutorado) - UFPE, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Psicologia. Recife, 2012..
Abstract: Patchwork é uma atividade que envolve a costura de retalhos de tecidos em um trabalho de grande design. A produção desse design é geralmente baseada em padrões de repetição, construídos com diferentes formas coloridas. Estas formas são cuidadosamente medidas e cortadas, com cortes retos, gerando a visualização de figuras geométricas básicas. Na montagem deste trabalho é comum, no discurso das artesãs e aprendizes do ofício, dentro do atelier de patchwork, o uso de palavras e expressões que permeiam a linguagem de sentidos matemáticos, que é utilizada no contexto escolar e acadêmico. Diante disso, buscamos uma descrição e um entendimento acerca da confecção de blocos e/ou peças desse artesanato, em uma comunidade situada na cidade de Recife. Nesse processo, foi analisado como o entendimento sobre a montagem dos padrões de repetição é engendrado para as aprendizes, a partir do discurso das artesãs, focando-se nas questões ligadas à produção de sentido. Assim, discutimos a existência de significados específicos para as palavras e expressões utilizadas por elas no contexto do atelier, e que estão presentes na linguagem de sentidos matemáticos utilizada fora desse contexto; e se esses significados sofrem influência de como o trabalho é feito. As discussões teóricas da presente pesquisa tiveram aporte da perspectiva pragmática da linguagem, sustentada pela ideia de jogos de linguagem proposta por Wittgenstein, em sua obra denominada Investigações Filosóficas. Os jogos de linguagem nos remetem aos repertórios de partilha, uma das bases da noção de comunidades de prática, cujo ponto de partida é a análise da aprendizagem como prática social, que são outros focos do nosso olhar teórico. A elaboração metodológica baseou-se na pesquisa de cunho etnográfico e os dados foram construídos com suporte da análise interacional e videográfica, que destaca o papel da linguagem e de outros recursos semióticos para a efetivação da ação humana. Os achados apontam que os entendimentos empregados para determinar comprimentos e estabelecer formas, na confecção do patchwork, estão ligados a contextos específicos e são de natureza diferente dos empregados no uso destes conhecimentos, no trabalho com a matemática na escola, na academia. Por isso, os significados de termos matemáticos podem diferir radicalmente em função dos contextos em que estão sendo usados, indo de encontro à ideia, comumente difundida, de uma linguagem matemática única, aplicada a qualquer contexto. Sendo o conhecimento matemático um produto cultural, produzido por diferentes formas de vida, ele pode ser significado como um conjunto de jogos de linguagem. Palavras-
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11231
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.final-ernani.martins.dos.santos.pdf3.23 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons