Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11226
Title: Espaços em branco: um convite a anotar
Authors: Moraes, Andréa Silva
Keywords: anotação;leitura;compreensão;multimodalidade
Issue Date: 27-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: MORAES, Andréa Silva. Espaços em branco: um convite a anotar. Recife, 2013. 145 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Artes e Comunicação, Programa de Pós-graduação em Letras, 2013.
Abstract: Anotar faz parte das nossas atividades cotidianas, porém é na escola que a prática de tomar notas adquire um novo sentido, especialmente quando somos avaliados. Este trabalho possui como objetivo geral investigar a escrita de anotações em questões de múltipla escolha, observando como elas se organizam e atuam como facilitadores para a resolução das questões. Especificamente, verificamos quais anotações são produzidas durante a resolução dos enunciados, observando-se a recorrência e classificando os tipos encontrados; e analisamos de que maneira as anotações encontradas estão vinculadas à leitura e à compreensão das questões, a partir dos procedimentos descritos pelos informantes em entrevista, verificando como as anotações auxiliam o processo de resolução das questões. Nosso corpus é composto por anotações coletadas em atividade realizada pela equipe do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), no curso de Letras da UFPE, e por entrevistas realizadas com os autores das anotações. Para atender aos nossos objetivos, iniciamos esta dissertação conceituando o que são anotações, observando de que maneira estão inseridas em nossas práticas sociais, especialmente no ambiente escolar. Posteriormente, discutimos os conceitos de leitura e compreensão que subjazem as análises neste trabalho, assim como as noções sobre texto e gênero. Também apresentamos os conceitos de multimodalidade que regem as discussões sobre a composição das anotações. As anotações foram classificadas quanto aos tipos. Em seguida, observou-se seu entrelaçamento com a atividade de ler e o processo de compreender durante a resolução das questões. Os resultados encontrados revelam que, do ponto de vista composicional, as anotações não se restringem apenas à utilização de um modo, mas agregam diversos recursos semióticos para fazer sentido; e as anotações estão relacionadas ao processo de resolução das questões, auxiliando cognitivamente o leitor na mobilização de conhecimentos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11226
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Andrea Silva Moraes .pdf5.53 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons