Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11221
Title: Representação social da redução de danos para profissionais que atuam pelo Programa Mais Vida da cidade do Recife
Authors: MOTA, Vivian Lemos
Keywords: Drogas;Redução de danos;Representações sociais;Práticas sociais.
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: MOTA, Vivian Lemos. Representação social da redução de danos para profissionais que atuam pelo Programa Mais Vida da cidade do Recife. Recife, 2012. 106 folhas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CFCH. Programa de Pós-Graduação em Psicologia, 2012.
Abstract: A redução de danos é caracterizada como uma alternativa de saúde pública que tem por objetivo amenizar os prejuízos causados pelo uso/abuso de drogas. Entretanto, essa é uma prática polêmica uma vez que possibilita o uso das drogas, contrapondo-se assim à ideia da abstinência como única possibilidade de saída da dependência química. A teoria das Representações Sociais forneceu os subsídios teóricos para analisar como profissionais de saúde compreendem e orientam suas práticas cotidianas com relação à redução de danos. O estudo teve por objetivo investigar o conteúdo das representações sociais da redução de danos para profissionais que atuam no Programa Mais Vida da cidade do Recife. Foram analisadas, através do software ALCESTE, 30 entrevistas semiestruturadas, que foram divididas em três blocos de perguntas, realizadas com profissionais que atuam em quatro Albergues Terapêuticos e seis CAPSAD, resultando em três dendrograma com 4 classes cada. O primeiro nomeado “O tratamento de Sucesso e as Drogas”; o segundo, “Gênero e as Drogas”; e o terceiro “As Políticas voltadas para o uso/abuso de álcool e outras drogas e as formas de cuidado”. A redução de danos é configurada pelos profissionais como práticas cotidianas norteadas por explicações que ora se pautam em argumentos científicos e ora no pensamento do senso comum, o que produz tensões entre os dois universos de conhecimento. Os profissionais apesar de terem um discurso acerca da redução de danos, destacam o não uso da droga como a melhor forma de se ter uma vida saudável, assim, buscam o controle e exercício do poder científico de uma prática profissional pautada na idéia das drogas como uma grave ameaça à ordem social e por isso deve ser combatida
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11221
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Representação Social da Redução de Danos para os.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons