Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11215
Título: Especializações setoriais na indústria criativa nordestina
Autor(es): SANTOS, Jackson Braga dos
Palavras-chave: Economia da Cultura;Indústria Criativa;Especializações Setoriais;Nordeste
Data do documento: 21-Mar-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: SANTOS, Jackson Braga dos. Especializações setoriais na indústria criativa nordestina. Caruaru, PE, 2013. 92 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CAA, Programa de Pós-Graduação em Economia, 2013.
Resumo: O trabalho aqui apresentado trata de identificar possíveis especializações setoriais na indústria criativa nordestina, a partir do número de empregos da mesma, observando se há produções municipais que se destacam comparativamente à produção regional. Para tanto, faz-se uma caracterização das atividades culturais e criativas, sob um aspecto generalista, e identifica-se as especializações do setor a partir dos cálculos de indicadores de concentração/especialização (quociente locacional, índice de participação relativa e índice de Hirschman-Herfindahl modificado), utilizando os dados de vínculos empregatícios da RAIS para todos os municípios nordestinos no período de 2007 a 2011. Observa-se que a indústria criativa possui um importante papel na economia (nacional e regional), devendo ser cada vez mais fomentada, apesar de o Governo Federal do Brasil já apresentar indícios de mudança de postura em relação ao setor. Outro ponto destacado diz respeito às particularidades microeconômicas do setor criativo, onde são expostas algumas considerações sobre a evolução da economia da cultura no pensamento econômico e as dificuldades metodológicas geralmente encontradas para o tema, bem como as principais características dos bens criativos. A caracterização da indústria criativa, bem como o cálculo dos índices de especialização - para a cadeia criativa completa e para o núcleo criativo - indicam a importância destacada dos estados da Bahia, Pernambuco e Ceará para a atividade da região. Dos 1794 municípios do Nordeste, estima-se 207 municípios com indícios de concentração das atividades da cadeia criativa e 55 municípios com indícios de concentração das atividades do núcleo criativo, apresentando possíveis potencialidades para formações de clusters criativos. A partir de tais resultados, são expostas, ainda, considerações acerca de propostas de melhorias para a evolução constante dos estudos do setor, assim como a indicação de temas que deem prosseguimento à análise aqui realizada.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11215
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Jackson Braga dos Santos.pdf1,92 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons