Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11144
Título: Estudo da criminalidade violenta na cidade do Recife: o espaço realmente é relevante?
Autor(es): Trevisan, Giuseppe
Palavras-chave: Economia do Crime; Criminalidade; Econometria Espacial; Testes de Especificação Econométrica; Spatial Autoregressive Model (SAR)
Data do documento: 8-Mar-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: CRUZ, Giuseppe Trevisan. Estudo da criminalidade violenta na cidade do Recife: o espaço realmente é relevante? Recife, 2013. 59 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-graduação em Economia, 2013.
Resumo: Um segmento importante da literatura de Economia do Crime afirma que, além das variáveis socioeconômicas, o espaço é fator fundamental a se associar com a criminalidade. Dada a falta de evidências empíricas sobre a relação entre espaço e crime, este estudo tem por objetivo identificar as correlações entre as variáveis ambientais com a taxa de homicídio nos bairros da cidade do Recife. Para isso, foram construídas variáveis de ambiente que capturam características relacionadas à distribuição dos tipos de domicílios dos bairros do Recife e foi implementada a técnica de econometria espacial para averiguar efeitos de spillover espaciais. O modelo SAR apresenta o melhor ajuste e mostra que a proporção de estabelecimentos nãoresidenciais em relação ao total de estabelecimentos do bairro tem uma relação positiva com a criminalidade e a concentração de domicílios residenciais está associada a índices de criminalidades mais baixos. As correlações das variáveis socioeconômicas seguem o padrão da maioria dos achados da literatura nacional e internacional, exceto para o caso da densidade demográfica.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11144
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO GIUSEPPE TREVISAN.pdf3,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons