Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11043
Title: A metrópole do Cariri: institucionalização no âmbito estadual e a dinâmica urbano-regional da aglomeração do Crajubar
Authors: Queiroz, Ivan da Silva
Keywords: Aglomerado urbano-regional;Metropolização;Integração territorial;Crajubar;Sertões centrais;Metrópole emergente.
Issue Date: 31-Jan-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O presente trabalho representa o esforço no sentido de apreender as reais e potenciais dimensões, no presente, do conjunto urbano-regional conformado pelas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. Partimos da premissa de que a aglomeração urbana Crajubar (vocábulo resultante da junção das silabas iniciais dos municípios integrantes do aludido conjunto regional), especialmente Juazeiro do Norte, situada no extremo sul do Ceará, exerce papel preponderante neste recorte regional e nos Sertões centrais nordestinos. Os atributos socioterritoriais e históricos da referida nucleação, somados a importância conquistada no presente como território estratégico tanto para as estratégias capitalistas quanto para as políticas públicas, passou a exigir um novo desenho institucional e uma nova matriz teórica para compreensão, intervenção e análise desse espaço urbano-regional, assim como de outros espaços congêneres. Por isso mesmo, em razão da sua renovada relevância regional, admitimos, de um lado, a pertinência de uma política territorial urbana nos moldes daquela que o Estado reservou para as áreas metropolitanas. Do outro, avaliamos como consequente a abordagem do “arranjo urbano-regional” representado pelo Crajubar como aglomeração de inclinação metropolitana. Este enfoque sustenta-se no potencial e dinâmica contemporânea da produção do seu espaço regional, bem como na posição geográfica do mesmo. A análise comprovou que o Crajubar, deslocado física e territorialmente em relação às principais aglomerações metropolitanas do Nordeste, assim como de resto os Sertões centrais desta macrorregião, constitui-se, ao lado da RIDE Petrolina-Juazeiro, uma centralidade emergente para as demandas, atividades e fluxos de caráter metropolitano. Tal fato evidencia-se desde emergência regional de padrões de consumo que aludem a essa condição; a ação e presença de agentes globais na promoção de atividades e fluxos por e a partir do Crajubar; e pelo processo de integração territorial que se dá tanto de forma contígua a Juazeiro do Norte, quanto reticular, pois cada vez mais estendido no polígono formado pelo Ceará meridional e o norte do Sertão semiárido nordestino. Concluímos que a aludida condição metropolitana do Crajubar, se observada à escala nacional, certamente se esvazia. Porém, quando privilegiada a escala do “Sertão Semiárido-Nordestino”, em face das condições historicamente determinadas, esta condição ganha relevo e, portanto, nos parece legítima para dimensionar o dinamismo atual dessa realidade já alçada à condição metropolitana por força de lei.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11043
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Desenvolvimento Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Ivan Queiroz.pdf5.9 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons