Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11039
Título: Tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV : fatores associados ao atraso no início do tratamento e avaliação da acurácia de um sistema de pontos para o diagnóstico em pacientes com baciloscopia negativa
Autor(es): WAGNER, Isabella Coimbra
Palavras-chave: HIV; Tuberculose pulmonar; Diagnóstico; Atraso; Tratamento; Acurácia; Baciloscopia negativa; Sistema de Pontos
Data do documento: 15-Mar-2012
Editor: Universidade Federal de pernambuco
Citação: WAGNER, Isabella Coimbra. Tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV: fatores associados ao atraso no início do tratamento e avaliação da acurácia de um sistema de pontos para o diagnóstico em pacientes com baciloscopia negativa. Recife, 2012. 124 f. Tese (doutorado) - UFPE, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, 2012.
Resumo: O diagnóstico e tratamento da tuberculose (TB) em pacientes infectados pelo HIV representam um importante desafio para a saúde publica, particularmente nos países em desenvolvimento, sendo a principal causa de morte em indivíduos coinfectados. Esta tese, apresentada no formato de dois artigos, teve como objeto de investigação participantes de uma coorte de indivíduos infectados pelo HIV, em investigação (artigo 2) ou tratamento (artigo 1) para tuberculose em dois serviços de referencia para HIV em Pernambuco. Os objetivos dos estudos foram identificar os fatores associados ao atraso no início do tratamento de tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV e avaliar a acurácia do sistema de pontos adotado pelo Ministério da Saúde do Brasil para o diagnóstico de tuberculose pulmonar em crianças e adolescente adaptado para adultos com suspeita de tuberculose pulmonar e baciloscopia do escarro negativa, em relação ao padrão-ouro do estudo. Esses estudos foram conduzidos a partir de uma coorte de indivíduos adultos infectados pelo HIV, atendidos em dois serviços de referência para HIV, em Pernambuco, no período de julho de 2007 a dezembro de 2010. O primeiro artigo (fatores associados ao atraso no inicio do tratamento para tuberculose pulmonar, em indivíduos infectados pelo HIV), é um estudo de caso controle aninhado à coorte descrita acima, cuja população de estudo foi composta por 242 pacientes participantes da coorte diagnosticados com tuberculose pulmonar. O período entre o aparecimento da tosse e o inicio do tratamento para tuberculose teve mediana de 41 dias, tendo sido esta última definida como ponto de corte para atraso no início do tratamento. Os fatores associados ao atraso foram: astenia, dor torácica, uso de drogas ilícitas e baciloscopia do escarro negativa. O segundo artigo (avaliação da acurácia de um sistema de pontos para o diagnóstico de tuberculose pulmonar com baciloscopia negativa em indivíduos infectados pelo HIV) é um estudo de validação fase III cuja população de estudo foi constituída de 1.276 indivíduos participantes da coorte e que foram suspeitos de tuberculose pulmonar com baciloscopia negativa pelos critérios do estudo, sendo que 128 foram diagnosticados com a doença pelo padrão-ouro do estudo. As variáveis associadas ao diagnóstico de tuberculose foram: tosse, perda de peso, febre, desnutrição, radiografia do tórax e teste tuberculínico reator. Foram testadas três versões do sistema de pontos. O melhor desempenho diagnóstico ocorreu com uma nova pontuação proposta e com ponto de corte ≥ 40, com sensibilidade = 81,2% (74,5 – 88%), especificidade = 78% (75,6 – 80,4%), RV + 3,7, RV- 0,24, VPP = 29,2% (24,5 – 33,9) e VPN = 97,4% (96,4 – 98,4%). Em relação ao atraso no inicio do tratamento os resultados apontaram para a necessidade de uma maior discussão sobre: (1) o papel da astenia e da dor torácica como fatores que podem estar presentes nos pacientes com tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV, (2) o papel da baciloscopia negativa na coinfecção TB/HIV, (3) a melhor abordagem a ser usada para os usuários de drogas nesta população. Quanto à validação do sistema de pontos, os resultados evidenciaram que a acurácia do sistema de pontos do Ministério da Saúde utilizado para o diagnóstico de tuberculose em indivíduos infectados pelo HIV com baciloscopia negativa limita o seu uso na prática clínica, porém o sistema de pontos com nova pontuação apresentou, na população estudada, uma acurácia semelhante à de outros instrumentos testados, e uma boa capacidade em discriminar pacientes quem não tem tuberculose pulmonar, sendo necessários novos estudos com a aplicação deste sistema de pontos para validá-lo, avaliando assim a sua utilidade no diagnóstico de tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV com baciloscopia negativa.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11039
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Medicina Tropical

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_DE_ISABELLA_COIMBRA_DIGITAL-2.pdf3,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons