Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11036
Título: Aprendizagem de gestores sobre suas práxis de estratégia: um estudo qualitativo em uma organização produtora de álcool do Estado de Pernambuco
Autor(es): Moraes, Ionete Cavalcanti
Palavras-chave: Estratégia como prática; Práxis de estratégia; Teoria da aprendizagem pela experiência; Teoria da aprendizagem situada
Data do documento: 25-Fev-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: MORAES, Ionete Cavalcanti de. Aprendizagem de gestores sobre suas práxis de estratégia: um estudo qualitativo em uma organização produtora de álcool do Estado de Pernambuco. Recife, 2013. 192 f. Tese (doutorado) - UFPE, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-graduação em Administração, 2013.
Resumo: Este estudo teve como objetivo geral compreender como gestores do setor sucroalcooleiro aprendem sobre suas práxis de estratégia, mais especificamente as relacionadas à rotina de controle de qualidade do processo de produção do álcool. Quatro práxis de estratégia ligadas a esta rotina foram identificadas: analisar situações, planejar, criar parâmetros e procedimentos de controle e gerenciar equipes. Duas teorias da área de aprendizagem organizacional - a aprendizagem pela experiência e a aprendizagem situada - foram utilizadas como lente para investigar este fenômeno. Utilizou-se também como fundamentação teórica, estudos das abordagens da estratégia como prática e gestão da qualidade. Trata-se de um estudo qualitativo de caso único, e foi realizado em uma usina que produz álcool situada na Zona da Mata Norte do estado de Pernambuco. A coleta de dados foi realizada por meio de nove entrevistas semiestruturada, observação e documentos. A análise dos dados compreendeu uma descrição rica do caso, interpretação dos dados e a formação das categorias que responderam às perguntas de pesquisa. Os resultados da pesquisa indicam que a aprendizagem dos gestores ocorre cotidianamente, no momento em que vivenciam situações habituais e novas. À medida que eles vivenciam estas situações, passam a observar e refletir sobre as mesmas, buscando sempre maneiras mais eficientes de realizar suas práxis. Os achados também revelaram que os gestores aprendem ao interagir com diferentes pessoas e ao participar de comunidades de prática. No que se refere ao conteúdo da aprendizagem dos gestores, concluiu-se que precisaram aprender a analisar situações, planejar, criar parâmetros e procedimentos de controle e gerenciar equipes.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11036
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE IONETE CAVALCANTI DE MORAES.pdf1,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons