Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10951
Título: Operários têxteis em Alagoas : organização sindicial, repressão e vida na fábrica (1951-1964
Autor(es): MELO, Airton de Souza
Palavras-chave: Operários; Setor têxtil; Alagoas
Data do documento: 31-Jan-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: MELO, Airton de Souza. Operários têxteis em Alagoas: organização sindical, repressão e vida na fábrica (1951-1964). Recife, 2012. 155 folhas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CFCH. Programa de Pós-Graduação em História, 2012.
Resumo: A presente dissertação discorre sobre o fortalecimento da classe operária têxtil em Alagoas entre os anos (1951-1964). Sua ascensão é percebida através da participação nos acontecimentos políticos e lutas de caráter econômico – greves e campanhas salariais – durante o período estudado e pelo protagonismo dos têxteis que através da experiência, passam a conquistar vitórias e assumir o papel de vanguarda da classe trabalhadora alagoana (ao lado de petroleiros, portuários e do PCB) até o golpe de 1964. Os anos em que Muniz Falcão foi Governador de Alagoas foram fundamentais para a reorganização da classe trabalhadora e da aproximação entre operários e comunistas. Na tentativa de determinar as demandas da classe operária em Alagoas analisamos principalmente as Atas do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Fiação e Tecelagem de Fernão Velho, entre os anos de 1953 e 1964 e o jornal comunista A Voz do Povo que trazia as informações e publicações referente à vida cotidiana da classe trabalhadora em Alagoas. Detemos-nos a compreender o processo e condições de trabalho do proletariado têxtil porque sua vida na fábrica é uma dimensão do cotidiano e assim podemos compreender com maior propriedade suas demandas diárias.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10951
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - História



Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons