Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10774
Title: Lesão de septo nasal em neonatos pré-termo no uso de prongas nasais
Authors: BONFIM, Suely de Fátima Santos Freire
Keywords: Pressão positiva contínua nas vias aéreas;Prematuro;Ferimentos e Lesões;Cuidados de enfermagem;Enfermagem
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: BONFIM, Suely de Fátima Santos Freire. Lesão de septo nasal em neonatos pré-termo no uso de prongas nasais. Recife, 2012. 138 folhas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CCS. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2012.
Abstract: O aumento da sobrevida de neonatos prematuros tem sido proporcionado pelos avanços tecnológicos, destes, a ventilação com pressão positiva contínua com prongas nasais constitui alternativa para neonatos com problemas respiratórios. Contudo, evidências científicas mostram ocorrências de lesões nasais pelo uso de prongas. Nesse contexto, esse estudo objetiva avaliar a incidência e os fatores de risco associados à lesão de septo nasal em neonatos prematuros utilizando prongas nasais reutilizadas e novas. O estudo é do tipo coorte de intervenção terapêutica aberta, a população inclui neonatos com idade gestacional abaixo de 37 semanas admitidos na unidade neonatal de um hospital universitário do Recife-PE, Nordeste do Brasil. A amostra foi de 70 neonatos, divididos no grupo de expostos, 39 recém-nascidos utilizando prongas nasais reutilizadas e não expostos, 31 utilizando prongas novas. Os dados foram coletados em prontuários, para caracterização da amostra; pela utilização de instrumentos voltados à avaliação da aplicação da ventilação não invasiva e assistência de enfermagem aos neonatos em uso de prongas; e pela avaliação do septo nasal. O processamento e análise foram realizados pelo software SPSS versão 17.0. Como produtos dessa dissertação foram elaborados três artigos. O primeiro artigo “Prevenção de lesão de septo nasal em neonatos pré-termo em uso de prongas nasais: revisão integrativa da literatura” investigou as evidências científicas relacionadas aos cuidados de enfermagem na prevenção de lesão de septo nasal em prematuros. Os resultados mostraram aspectos da qualidade e adequação da pronga nasal e a necessidade de monitorização do neonato pela equipe de enfermagem. O segundo “Cuidados de Enfermagem ao prematuro na prevenção de lesões nasais: validação de instrumento” validou um instrumento voltado à prevenção de lesão nasal obtendo índice de concordância de 80% dos juízes. O terceiro constitui o artigo original “Lesão de septo nasal em neonatos pré-termos no uso de prongas nasais”, cujos resultados evidenciaram que 62,9% dos neonatos apresentaram lesão de septo nasal e que a associação de prongas nasais reutilizadas e novas não constituiu fator de risco para a ocorrência de lesões nasais. O tempo de permanência do neonato no uso da ventilação não invasiva com prongas foi o único fator associado à ocorrência e severidade dessas lesões. Infere-se que os cuidados de enfermagem na aplicação da terapêutica e no acompanhamento diário dos prematuros em uso de pronga realizados durante o estudo, possam ter minimizado a incidência das lesões nos neonatos. A educação em saúde no serviço pode contribuir para adequação das práticas de cuidados de enfermagem garantindo assistência de qualidade.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10774
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO 21 de FEV.2013[1].pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons