Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10564
Título: Desenvolvimento de lipossomas contendo composto 2-fenil-4-amino-6-p-fluorfenil-5-carbonitrila-pirimidina e avaliação de seu potencial antitumoral.
Autor(es): OLIVEIRA, Janice Vasconcelos
Palavras-chave: Neoplasias; 4-amino-pirimidina;; Nanotecnologia; Lipossomas; Viabilidade celular
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: OLIVEIRA, Janice Vasconcelos. Desenvolvimento de lipossomas contendo composto 2-fenil-4-amino-6-p-fluor-fenil-5-carbonitrila-pirimidina e avaliação de seu potencial antitumoral. Vitória de Santo Antão, 2013. 59 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro Acadêmico de Vitória, Programa de Pós-graduação em Saúde Humana e Meio Ambiente, 2013. .
Resumo: O aumento na incidência de neoplasias malignas no mundo tem estimulado pesquisas que visam desenvolver novos fármacos e alternativas terapêuticas que possibilitem debelar o problema. Neste sentido a tecnologia de liberação controlada de fármacos apresenta-se como ferramenta de grande relevância destacando-se os lipossomas. Compostos contendo o núcleo pirimidínico demonstram notável propriedade antineoplásica, descrita na literatura. O objetivo deste trabalho foi desenvolver e caracterizar lipossomas contendo composto 4- amino-pirimidínico-bissubstituido, avaliar sua citotoxidade e investigar a ação antitumoral in vivo, frente o Sarcoma 180, do fármaco isolado e encapsulado. Os lipossomas contendo composto 4-amino-pirimidínico-bissubstituido foram preparados pelo método de hidratação do filme lipídico e submetidos a ensaios de estabilidade acelerada e em tempos prédeterminados. Os ensaios de citotoxidade foram realizados utilizando o método colorimétrico MTT. Os experimentos in vivo foram submetidos, aprovados e devidamente protocolados junto à Comissão de Ética em Experimentação Animal (CEEA) da UFPE. Os testes de atividade antitumoral seguiram a metodologia de Santos e colaboradores (2005). Os cortes histológicos do tumor foram corados pela Técnica Hematoxilina-Eosina (HE). Após o processo de preparação, as formulações de lipossomas contendo composto 4-aminopirimidínico- bissubstituido demonstraram-se homogêneas. O diâmetro médio e o índice de polidispersão das vesículas foram 298,75 ± 30,37 nm e 0,37 ± 0,01, respectivamente. A eficiência de encapsulação foi de 82,93 ± 0,04%. Observou-se redução da viabilidade celular diante dos compostos testados. O teste in vivo utilizando lipossomas contendo p-Fpirimidina e sua forma livre demonstrou uma inibição tumoral de 66,47 ± 26,8% e 50,46 ± 16,24%, respectivamente. A determinação do índice mitótico revelou redução do número de mitoses dos grupos tratados. Os resultados demonstram que a incorporação de p-Fpirimidina em lipossomas, potencializou seu efeito citotóxico e antitumoral, viabilizando, portanto, seu uso terapêutico.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10564
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Saúde Humana e Meio Ambiente

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO JANICE Oliveira.pdf1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons