Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10487
Título: Identificação de bactérias da rizosfera de inhame, macaxeira e batata-doce potencialmente produtoras de polihidroxialcanoatos
Autor(es): Pereira, Juliana de Castro Nunes
Palavras-chave: túbera; PCR; Microvirga flocculans; Sudan Black; PHA
Data do documento: 28-Fev-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: PEREIRA, Juliana de Castro Nunes. Identificação de bactérias da rizosfera de inhame, macaxeira e batata-doce potencialmente produtoras de polihidroxialcanoatos. Vitória de Santo Antão, 2013. 52 f. Dissertação (mestrado) - UFPE, Centro Acadêmico de Vitória, Programa de Pós-graduação em Saúde Humana e Meio Ambiente, 2013.
Resumo: Inhame, macaxeira e batata-doce são vegetais ricos em amido e importantes sócio economicamente para o Nordeste brasileiro. O solo da rizosfera desses tubérculos e raízes é ambiente rico em bactérias que produzem metabólitos com diversas aplicações biotecnológicas, a exemplo de Polihidroxialcanoatos (PHAs), polímeros biodegradáveis produzidos a partir dos produtos da hidrolise do amido e utilizados na produção de plásticos. O objetivo do trabalho foi isolar e identificar do solo da rizosfera e do aderido à superfície desses três vegetais, bactérias potencialmente produtoras de PHAs, selecionando-as por PCR de colônia e avaliando a produção de PHAs por coloração de Sudan Black. Colônias bacterianas isoladas com características morfológicas distintas foram selecionadas para a PCR de colônia. Das 214 bactérias selecionadas, 11 amostras foram positivas para o gene phaC da via de síntese de PHA. Nove bactérias apresentaram resultado satisfatório para produção de grânulos de PHAs após coloração de Sudan Black. Dentre as bactérias positivas na PCR e Sudan Black, oito foram identificadas por seqüenciamento ao nível de gênero ou espécie, tais como: Pseudomonas, Bacillus, Agrobacterium, Stenotrophomonas, Cupriavidus e Microvirga flocculans, sendo esta última descrita pela primeira vez como produtora de PHA. A aplicação da PCR de colônia com coloração por Sudan Black mostrou-se eficiente e rápida para seleção de bactérias potencialmente produtoras de PHAs a partir de amostras de solo.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10487
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Saúde Humana e Meio Ambiente

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Formato digital - Juliana de Castro 2013.1.pdf962,18 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons