Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10412
Title: Incorporação de resíduo pós-sinterização da indústria de cerâmica hidrosanitária à sua própria formulação
Authors: Silva, Ricardo Henrique de Lira
Keywords: Louça Sanitária;Resíduo;Pós-sinterização;Quartzo;Resistência Mecânica
Issue Date: 27-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: SILVA, Ricardo Henrique de Lira. Incorporação de resíduo pós-sinterização da indústria de cerâmica hidrosanitária à sua própria formulação. Recife, 2012. 88 folhas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CAA. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental, 2012.
Abstract: Indústrias de médio porte de cerâmica hidrosanitária geralmente descartam entre 20 e 30 toneladas por mês de resíduo sinterizado proveniente de peças defeituosas, muitas das vezes com descarte indiscriminado. Nesse cenário, o presente trabalho propõe a incorporação dos supracitados resíduos sinterizados de cerâmica sanitária a sua própria formulação, em substituição parcial da sílica (quartzo), reduzindo impactos ambientais, bem como custos com correto descarte e uso de matérias-primas naturais. Foram confeccionados corpos-de-prova a partir de uma formulação contendo resíduo de louça sanitária, feldspato, quartzo, caulim e argila Ball Clay, quimicamente caracterizados por fluorescência de Raios-X. Os teores de resíduo utilizados na substituição da sílica foram de 0%, 1%, 2%, 3%, 4%, 5%, 6%, 7%, 8%, 9% e 10% em relação a massa total de material seco, sendo os corpos-de-prova sinterizados a 1250 oC com 120 minutos de patamar em forno túnel industrial. Após a etapa de sinterização, os corpos-de-prova foram submetidos a ensaios de absorção de água, retração linear, porosidade aparente, massa específica aparente, resistência a flexão e microscopia eletrônica de varredura, a fim de verificar possíveis alterações micro-estruturais. Corpos cerâmicos com até 10% de substituição parcial do quartzo pelo resíduo de louça sanitária sinterizada apresentaram propriedades físicas, mecânicas e químicas compatíveis com os padrões recomendados para a confecção de louça sanitária com viabilidade tecnológica.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10412
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil e Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Ricardo Henrique de Lira Silva.pdf13.69 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons