Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10404
Title: Estudos Farmacognósticos e Atividade Biológica de Ganoderma Parvulum Murrill (basidiomycota, Polyporales, Ganodermataceae)
Authors: PEREIRA JUNIOR, José Antonio de Sousa
Keywords: Ganoderma;Antimicrobiano;Citotoxicidade;Morfologia;Química
Issue Date: 31-Jan-2013
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O uso de cogumelos para fins medicinais é muito antigo, onde o basidiomiceto Ganoderma lucidum tem posição de destaque no Japão e na tradicional medicina chinesa, sendo relatadas atividades antitumorais, antivirais, antibacteriana, dentre outras. Várias espécies com superfície lacada são confundidas com G. lucidum, entre elas Ganoderma parvulum Murrill, uma espécie tropical que pode representar potencial econômico, respeitando-se a biodiversidade local. O presente trabalho objetivou avaliar a atividade antibacteriana, concentração inibitória mínima (CIM) e a atividade citotóxica dos extratos metanólico e em acetato de etila de G. parvulum, a atividade antibacteriana e a CIM do óleo essencial, bem como fornecer dados para caracterização da droga fúngica. Para os extratos estudados, tanto a atividade antibacteriana como citotóxica foram observadas apenas para o extrato em acetato de etila. A atividade antibacteriana foi considerada moderada frente a Staphylococcus aureus, Bacillus subtilis e Micrococcus luteus. A atividade citotóxica em dose única de 50 μg/ml de extrato foi de 71,94 ± 2,04% contra a linhagem de células HT-29 e 90,02 ± 2,17% contra a linhagem de células HEp-2. O óleo essencial teve atividade antimicrobiana contra as bactérias gram-positivas (Staphylococcus aureus, Bacillus subtilis e Micrococcus luteus) e gram-negativas (Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa), contudo bactérias gram-positivas foram mais susceptíveis ao óleo essencial. Quanto à prospecção micoquímica, os compostos majoritários foram representados pelos esteróides e terpenóides, apresentando também flavonóides, derivados cinâmicos e fenilpropanoglicosídeos. A composição do óleo essencial foi analisada por cromatografia gasosa acoplada a espectroscopia de massas (CG-MS), onde os principais compostos foram o ácido benzóico, o sesquiterpeno aristolona mono-oxigenado, o 2,6-bis (1,1-dimetiletil)-4-metilfenol e o N-(2-hidroxi-4-oxo-4H-quinazolina-3-il)-benzamida. A morfoanatomia foi considerada fundamental para a identificação de G. parvulum, onde características como o tamanho do basidioma, tamanho do basidiósporo, o sistema hifálico, a coloração do contexto e linhas de deposição de material resinoso, foram características essenciais para distinção de G. parvulum. O tamanho das partículas do pó indicou se tratar de um pó moderadamente espesso por simples agregação das partículas, o teor de cinzas totais foi de 1,67 ± 0,14% e a perda por dessecação foi de 13% ± 0,07, dentro dos níveis encontrados para o gênero. Na análise microscópica do pó, a observação de hifas esqueléticas e de esporos de parede dupla e truncados, característicos do gênero, foram importantes para a identificação da droga. Os dados sobre teor de cinzas, perda por dessecação, análise granulométrica e microscópica do pó são inéditos para G. parvulum, bem como as atividades biológicas dos extratos estudados e do óleo essencial.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10404
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Jose Antonio Pereira Jr.pdf3.84 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons