Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10392
Título: Saúde e crescimento endógeno ótimo
Autor(es): Silva, Thiago Bananeira Castro e
Palavras-chave: Economia da Saúde; Crescimento Econômico; Modelos Macroeconômicos
Data do documento: 23-Ago-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: SILVA, Thiago Bananeira da. Saúde e crescimento endógeno ótimo. Recife, 2011. 39 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CCSA, Economia, 2011.
Resumo: Este trabalho analisa a influência da saúde no crescimento econômico, ampliando a visão tradicional na qual a relação positiva observada entre as duas variáveis é vista apenas como resultado de um efeito renda, de forma a apresentar a saúde como um importante determinante do crescimento. Para atingir este objetivo, além de uma revisão acerca desta relação, elabora-se um modelo utilizando o arcabouço da teoria do crescimento endógeno, onde saúde e crescimento são complementares na perspectiva da oferta e substitutos na perspectiva da demanda. Os principais resultados são: a) a morbidade influencia negativamente a alocação de horas de trabalho no setor de conhecimento e positivamente a alocação dessas horas no setor de saúde e b) a influência da morbidade sobre o crescimento da economia depende fundamentalmente do valor do parâmetro B relacionado à produtividade do setor de saúde.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10392
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Thiago Final.pdf570,04 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons