Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10376
Título: Análise morfodinâmica e morfogenética do interflúvio do médio curso da margem direita do rio beberibe
Autor(es): Rocha, Antonio Carlos da Paz
Palavras-chave: Morfogênese; Morfodinâmica; Evolução; Paisagem
Data do documento: 29-Jul-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O relevo da cidade do Recife passou por vários processos de cunho morfogenéticos e morfodinâmicos no decorrer de sua evolução. A posição geográfica desta cidade coincide com um dos pontos onde se deu separação do continente sulamericano e africano. Em períodos geológicos seguintes a área foi afetada por intensos processos morfoclimáticos, os quais definiram formas geomorfológicas nesse espaço. Posteriormente, atenuaram-se esses processos mais intensos, mas se mantiveram os de menor intensidade. A essa conjuntura de fatores o homem se integrou, impondo o seu ritmo e modificando a paisagem. A pesquisa em tela buscou analisar como se deram os processos naturais e antrópicos e quais foram os resultados dessa interação. Para isso foram utilizadas ferramentas, atualmente comuns aos “analistas ambientais”, com intuito de comprovar técnicas de quantificação dos processos de evolução da paisagem. Softwares como o ArcGis 9.3 e suas ferramentas, auxiliam profissionais e pesquisadores do ambiente como geógrafos, a utilizarem técnicas na medição de parâmetros como densidade de drenagem, declividade, que podem subsidiar uma análise do espaço. Assim, foram confirmados resultados, qualitativos, condizentes com o que a análise feita a posteriori relatava. Viu-se que a dissecação das áreas ditas colinosas da área norte do Recife, evoluiu por processos erosivos de recuo de vertente, e também que os relevos ditos colinosos, não possuem uma forma generalizada.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10376
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Geografia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Antonio Carlos da Paz Rocha.pdf2,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons