Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1031
Title: Influência de perturbações antrópicas sobre a composição de espécies e de grupos funcionais de formigas (Hymenoptera: Formicidae) na caatinga
Authors: Maria Pereira de Oliveira, Fernanda
Keywords: Sazonalidade Pluviométrica;Resiliência;Mirmecofauna;Modificação do habitat;Tipo de Solo.
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Pereira de Oliveira, Fernanda; Roberta Leal, Inara. Influência de perturbações antrópicas sobre a composição de espécies e de grupos funcionais de formigas (Hymenoptera: Formicidae) na caatinga. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: As modificações no habitat são a principal ameaça à conservação da biota, afetando desde populações individuais até comunidades inteiras. O objetivo deste estudo foi analisar a influência de perturbações antrópicas sobre a riqueza e composição de espécies da comunidade e dos grupos funcionais de formigas da caatinga. Utilizamos como descritor da perturbação um índice de perturbação local aplicado a 30 parcelas de 0,1 ha, estabelecidas na região de Parnamirim, PE, onde as formigas foram coletadas na estação seca e chuvosa através de armadilhas pitfall e iscas de sardinha. A estrutura da vegetação e o tipo de solo foram incluídos no modelo pelo seu potencial efeito na comunidade de formigas. Foram coletadas 51 espécies de formigas pertencentes a 21 gêneros e sete subfamílias. De maneira geral, as perturbações antrópicas e a estrutura da vegetação não tiveram efeito sobre a composição de espécies da comunidade e dos grupos funcionais de formigas, sugerindo alta resiliência da comunidade. A diferença entre as estações seca e chuvosa foi o fator mais importante na determinação da riqueza e composição de espécies da comunidade e dos grupos funcionais, com a estação chuvosa apresentando maior número de espécies de formigas, explicado pela maior disponibilidade de recursos para as formigas nessa estação. O solo do tipo regossolo apresentou maior riqueza de espécies e favoreceu a maioria dos grupos funcionais, provavelmente por ser mais profundo e bem drenado, facilitando a nidificação das espécies de formigas que constroem seus ninhos no solo. Nossos resultados sinalizam para a importância da inclusão do tipo de solo nos trabalhos feitos na Caatinga
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1031
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3009_1.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.