Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1029
Title: Purificação e caracterização bioquímica e farmacológica das proteínas presentes no muco do zoantídeo Palythoa caribaeorum (Cnidaria, Anthozoa)
Authors: Lucena de Vasconcelos, Taysa
Keywords: Purificação; Lectina; Palythoa caribaeorum; Hemaglutinação.
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Lucena de Vasconcelos, Taysa; Daniel Pérez, Carlos. Purificação e caracterização bioquímica e farmacológica das proteínas presentes no muco do zoantídeo Palythoa caribaeorum (Cnidaria, Anthozoa). 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Palythoa caribaeorum é um cnidário colonial, abundante no litoral pernambucano. Durante a maré baixa produz um muco que protege contra a dessecação. Embora seja conhecida a composição básica deste muco, nenhuma proteína até hoje foi isolada e caracterizada. Desta forma, este trabalho se propôs a desenvolver uma metodologia de processamento e purificação que permitisse a obtenção de uma amostra com relevante conteúdo protéico, baixa viscosidade e alta solubilidade, a qual fosse possível a sua aplicação em colunas cromatográficas comerciais, além de testar atividade farmacológica. Para isto, amostras foram coletadas nos meses de Março/09, Janeiro e Maio/10 na praia de Porto de Galinhas-PE. Mar/09 e Jan/10 foram submetidas à homogeneização mecânica enquanto Mai/10 passou por uma liquidificação. Após centrifugação, o sobrenadante de Jan/10 (Jan/10B) passou por uma diluição nas proporções 1/6 e 1/12. Mai/10 foi submetido à diluição 1/3 logo após liquidificação. Jan/10B e Jan/101/12 passaram ainda por tratamento químico com uréia 6M e ácido acético 1%, e éter/etanol e clorofórmio/metanol, respectivamente. Por último, alíquotas de Mar/09B, Jan/10B e Mai/101/3, foram submetidas à precipitação protéica com sulfato de amônio. As frações obtidas em todos os procedimentos foram dialisadas. Em seguida, foram realizadas dosagem protéica, atividade hemaglutinante, eletroforeses, cromatografias, além de inibição das atividades hemaglutinante e hemorrágica. Os resultados mostraram que a metodologia mais eficaz na preparação da amostra foi a liquidificação seguida de diluição 1/3 e precipitação protéica em faixas curtas de concentração de sal. A partir da fração F3-Mai/101/3, obtida por esta metodologia, uma lectina de 34 KDa (PcmL- 1) foi parcialmente purificada, através de uma cromatografia de afinidade em coluna Con A Sepharose 4B, seguida de cromatografia de troca aniônica em coluna Resource Q. Além disso, o muco de P. caribaeorum mostrou ser uma fonte importante de lectinas xilose e lactose-específicas, e possíveis inibidores de proteases
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1029
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3008_1.pdf2.07 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.