Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10261
Título: Preparação e caracterização de lipossomas contendo tetracaína
Autor(es): PEREIRA, Ana Karina Vidal
Palavras-chave: Sistemas de Liberação Controlada; Anestésicos Locais; Lipossomas
Data do documento: Nov-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: PEREIRA, Ana Karina Vidal. Preparação e caracterização de lipossomas contendo tetracaína. Vitória de Santo Antão, 2012. xiii, 50f. Dissertação (mestrado em Saúde Humana e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Pernambuco. CAV. Vitória de Santo Antão, 2012.
Resumo: Este estudo relata o desenvolvimento e caracterização de uma formulação lipossomal contendo o anestésico local tetracaína, visto que o emprego de lipossomas na área farmacêutica tem encontrado ampla aceitação, não somente na terapia clínica como no segmento da cosmética, podendo atuar veiculando os princípios ativos no organismo, tecidos ou células e aumentando sua eficácia terapêutica. O presente estudo teve como objetivo a incorporação do fármaco tetracaína em lipossomas e a caracterização das formulações lipossomais obtidas. Os lipossomas foram preparados utilizando a técnica de hidratação do filme seco de lipídios seguida de sonicação, sendo compostos pelo fosfolipídio lecitina de soja. Inicialmente foi realizado um planejamento experimental do tipo DCCR (Delineamento Composto Central Rotacional) visando otimizar as condições de sonicação das partículas contendo 100% de lipídio. A determinação do raio hidrodinâmico e distribuição do tamanho das vesículas foi realizada por meio de espalhamento de luz a laser, sendo a condição ótima de sonicação estabelecida a uma potência de 16 KHz e tempo de 3 minutos, obtendo-se tamanhos menores que 800 nm. Em seguida, as formulações lipossomais foram realizadas de duas formas: incorporando-se o fármaco na fase hidrofílica ou na fase lipofílica. Em ambos os casos, foram realizados planejamentos experimentais do tipo DCCR, tendo como variáveis investigadas a relação lipídio/colesterol e a concentração de tetracaína, e como variáveis resposta a eficiência de encapsulação e o diâmetro médio das vesículas. A eficiência de encapsulação foi avaliada por meio da técnica de ultracentrifugação a 30.000 rpm por duas horas (10 oC), sendo a concentração de tetracaína determinada por espectrofotometria a 310 nm. A máxima eficiência de encapsulação (39,7%) foi obtida na fase hidrofílica para uma concentração de tetracaína de 8,37 mg/mL e relação lipídio/colesterol de 79,5:20,5 %. Os lipossomas contendo tetracaína apresentaram estabilidade de aproximadamente 30 dias quando armazenados em suspensão a 4o C, sem alterações nos aspectos macro e microscópico.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10261
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Saúde Humana e Meio Ambiente

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012-Dissertacao-AnaKarina-Pereira.pdf1,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons