Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10257
Título: Variabilidade climática e deficiência hídrica na bacia do Una, PE e sua relação com as anomalias de temperaturas dos oceanos Pacífico e Atlântico.
Autor(es): SOUZA, Ioneide Alves de
Palavras-chave: variabilidade e mudanças climáticas; ODP; ENSO; Dipolo do Atlântico
Data do documento: 31-Jan-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: SOUZA, Ioneide Alves de. Variabilidade climática e deficiência hídrica na bacia do Una, PE e sua relação com as anomalias de temperaturas dos oceanos Pacífico e Atlântico. Recife, 2013. 102 f. Tese (doutorado) - UFPE, Centro de Tecnologia e Geociências, Programa de Pós-graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, 2013.
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo geral avaliar a variabilidade e as tendências dos índices de detecção de mudanças climáticas, déficit e excedente hídrico, na bacia do rio Una, PE, a partir da analise do comportamento da precipitação anual, semestral, mensal e diária. Foram consideradas 15 localidades que dispunham de dados pluviométricos diários e mensais no período de 1965 a 2006. Para a obtenção dos índices de tendência climática, utilizou-se o software RClimdex 2.9.0. A classificação dos anos extremos foi obtida através do índice de seca. Os anos extremos foram comparados com as anomalias das temperaturas da superfície do mar nos oceanos Pacífico e Atlântico. A identificação das áreas com déficit e excedente hídrico ocorreu por meio da estimativa do balanço hídrico climático, bem como a classificação das áreas de maiores e menores riscos climáticos. Os índices de detecção de mudanças climáticas apontaram tendência de redução de chuva em toda a extensão da bacia, aumento na quantidade de dias secos e diminuição dos dias úmidos, e tendência positiva na quantidade de dias com precipitações iguais e superiores a 50 mm por dia no Litoral (Barreiros). As áreas com maiores deficiência hídricas encontram-se no Agreste e com maior disponibilidade hídrica na Zona da Mata e no Litoral. A bacia do Una apresenta alta variabilidade na distribuição espacial e temporal da precipitação diária, mensal, sazonal e anual. Os padrões de variabilidades dos oceanos Pacífico e Atlântico influenciam no comportamento pluviométrico por intermédio dos fenômenos oceânico-atmosférico de grande escala ENOS, ODP e Dipolo do Atlântico.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10257
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Tecnologias Energéticas e Nucleares

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE IONEIDE ALVES.pdf6,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons