Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10223
Title: INVESTIGAÇÃO METODOLÓGICA DE DETECÇÃO DE BORDAS DE RESERVATÓRIO. ESTUDO DE CASO: RESERVATÓRIO DE SOBRADINHO – BA.
Authors: SANTOS, Jhonathan Gomes dos
Keywords: Borda de reservatório;Sensoriamento Remoto, segmentação;Morfologia Matemática;SRTM;ASTER
Issue Date: 21-Aug-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: SANTOS, Jhonathan Gomes dos. Investigação metodológica de detecção de bordas de reservatório. Estudo de caso: reservatório de Sobradinho - BA. Recife, 2012. ix, 103 folhas : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco. CTG. Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação, 2012.
Abstract: Este trabalho trata de uma investigação dos métodos de detecção de borda de reservatório usando imagens de Sensoriamento Remoto em um estudo de caso das bordas do reservatório de Sobradinho, Bahia, Brasil. Os testes realizados incluíram imagens TM LANDSAT-5, MDE-SRTM, borda do SRTM-SWBD e ASTER-GDEM-VNIR, e no processamento foram testados operadores de abertura e fechamento de Morfologia Matemática do MDESRTM e segmentação da banda 4 do TM LANDSAT-5 (borda B4). A segmentação da banda 4 do TM foi o método que melhor representou a borda do reservatório de Sobradinho, em relação aos testes de borda feitos com os operadores de Morfologia Matemática aplicadas ao MDE-SRTM, fatiamento altimétrico ASTER-GDEM-VNIR e MDE SRTM, e a borda SRTM-SWBD da NASA/NGA. Os dados ASTER-GDEM-VNIR formam um mosaico descontínuo no tempo implicando em distintos níveis de água de Sobradinho (distinta bordas) que não se completam. Outro problema observado nos dados ASTERGDEM- VNIR disponíveis e grátis para o público, é o não conhecimento da data das imagens. Com relação à análise dos resultados do processamento das imagens para detecção de borda os operadores de Morfologia Matemática de dilatação e erosão geram pixels maiores que 30 m degradando a resolução espacial do TM. Os dados SRTM-SWBD da NASA divergem em planimetria da borda MDE-SRTM e da borda B4. Foram elaborados perfis altimétricos entre as bordas MDE-SRTM e radiométricos na B4 e constatou-se: baixa penetração do imageamento do MDE-SRTM nas reentrâncias das bordas do reservatório, enquanto as maiores elevações do terreno são mais destacadas do que os terrenos de baixa declividade; a não observação das datas das imagens utilizadas na cobertura de solo bem como a ignorância à dinâmica da superfície da borda do reservatório, utilizada na geração dos dados são as principais causas das discrepâncias entre a borda SRTM-SWBD (SWB) e a segmentação da banda 4.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10223
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_final...pdf9.45 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons