Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1001
Título: Rainhas, mestres e tambores : gênero, corpo e artefatos no maracatunação pernambucano
Autor(es): Maria Oliveira, Jailma
Palavras-chave: Maracatu; Gênero; Corpo; Instrumentos musicais; Identidade
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria Oliveira, Jailma; Selma Ferreira Albernaz, Lady. Rainhas, mestres e tambores : gênero, corpo e artefatos no maracatunação pernambucano. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: O trabalho tentou compreender as relações de gênero nos grupos de maracatu-nação do Recife e Região Metropolitana. Desdobrou-se para as noções de corporeidade, sinalizando para constituições de subjetividades de homens e mulheres. Baseia-se em trabalho de campo iniciado em outubro de 2009 até fevereiro de 2010, incluindo observação de ensaios e desfiles carnavalescos, entrevistas, documentos das instituições estaduais de cultura e a produção dos folcloristas. Os grupos de maracatu usam as fontes históricas para compor uma compreensão e avaliação da sua tradição. É um cortejo realizado com musica e dança, estruturado em corte e batuque, para celebrar a coroação do casal real e as divindades afro-brasileiras e/ou os antepassados negros. A corte simboliza o poder do sagrado, classificada como feminina, o batuque é masculino, encarnando um poder temporal, divisão que aparenta uma neutralidade de gênero com distribuição relativamente equitativa de poder. Entretanto, no nível das práticas, geramse disputas entre mestres (símbolo do batuque) e rainhas (símbolos da corte), consoante ocupem a posição de presidente dos grupos. Os instrumentos são classificados por gênero e demandam performances corporais adequadas, independente se quem executa é homem ou mulher, rebatendo na constituição de subjetividades de homens e mulheres. A inclusão de homens travestidos reforça estes aspectos dentro do maracatu
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1001
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7162_1.pdf4,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.