Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8768
Title: O sistema de comunicação mãe-bebê: estudo das dimensões que compõem as trocas mediadas por objetos
Authors: Christine Chaves da Silva, Emmanuelle
Keywords: Desenvolvimento;Mãe-bebê;Sistemas dinâmicos;Dimensões
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Christine Chaves da Silva, Emmanuelle; da Conceição Diniz Pereira de Lyra, Maria. O sistema de comunicação mãe-bebê: estudo das dimensões que compõem as trocas mediadas por objetos. 2004. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia Cognitiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Abstract: Este trabalho investigou o desenvolvimento da comunicação mãe-objeto-bebê utilizando como referencial teórico-metodológico a perspectiva dos Sistemas Dinâmicos (LEWIS, 2000, 2002; THELEN; SMITH, 1994) e o modelo de comunicação elaborado por Lyra (1988, 2000) e colaboradores (FOGEL; LYRA, 1997; LYRA; ROSSETTI-FERREIRA, 1995; LYRA; WINEGAR, 1997). Assim, foram formulados dois objetivos específicos: (1) explorar a adequação das dimensões de Imediaticidade, Suavidade e Número de turnos para explicar o processo de auto-organização que faz emergir períodos de quase-estabilidade ao longo do desenvolvimento das trocas mãe-objeto-bebê que envolvem as ações específicas de dar-epegar objetos e (2) verificar a configuração das referidas dimensões para descrever o período de explosão para o novo e a emergência de novas brincadeiras, que envolvem objetos, diferentes daquela de dar-e-pegar . Para tanto, uma díade foi observada longitudinalmente, durante o período dos dois aos nove meses de vida do bebê. As trocas comunicativas entre a mãe e o bebê foram videografadas semanalmente, em situação natural, na casa da díade. Cada registro efetuado teve a duração média de vinte minutos. A partir dos dados obtidos, foram encontrados os seguintes resultados: (1) identificação dos três períodos de quase-estabilidade (E-E-A) e sua caracterização em relação às dimensões que o compõem; (2) configuração das referidas dimensões no período de explosão para o novo; (3) organização das mesmas nas novas brincadeiras mediadas por objetos. Desta forma, a dimensão de Suavidade das trocas apresenta-se como a mais susceptível para captar a relação entre os padrões de desenvolvimento do sistema de comunicação mãe-objeto-bebê e o microdesenvolvimento a partir do qual emergem esses padrões
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8768
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia Cognitiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8865_1.pdf642.43 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.