Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8655
Título: Análise comportamental de obesos mórbidos e de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica
Autor(es): de Carvalho Cavalcante, Renata
Palavras-chave: Habilidade social;Depressão;Ansiedade;Obesidade mórbida;Cirurgia bariátrica;Imagem corporal
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Carvalho Cavalcante, Renata; Rejane Ramos Alves de Aguiar, Cilene. Análise comportamental de obesos mórbidos e de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: A obesidade é considerada um dos problemas de saúde pública mais relevante nas sociedades modernas, na medida em que constitui um fator de risco preponderante para o desenvolvimento de diversas doenças. Dentre os métodos de tratamento da obesidade mórbida a cirurgia bariátrica é o mais efetivo, sendo utilizada para o emagrecimento e resgate da saúde. O impacto da obesidade e da cirurgia bariátrica na vida dos indivíduos tem sido alvo de diversas investigações. Em muitos casos, a situação de obesidade e o emagrecimento súbito podem levar a alterações comportamentais, tais como: distorção com relação à imagem corporal, sintomas depressivos, ansiedade e dificuldades com relação à interação social. O presente estudo teve como objetivo avaliar imagem corporal, depressão, ansiedade e habilidade social em pacientes obesos mórbidos (Grau III) que estão à espera da cirurgia bariátrica e aqueles já submetidos ao procedimento cirúrgico. Participaram do estudo 30 pacientes, sendo 15 obesos mórbidos e 15 póscirúrgico, predominantemente do sexo feminino, que responderam a Escala de Desenhos de Silhuetas, o Inventário de Depressão de Beck (BDI), o Inventário de Ansiedade de Beck (BAI) e o Inventário de Habilidade Social (IHS). Com relação à imagem corporal, os sujeitos dos grupos entrevistados apresentaram escolhas compatíveis com seu tamanho corporal, já com relação ao tamanho que gostariam de ter os sujeitos entrevistados escolheram figuram representativas de sobrepeso e obesidade. Os sujeitos do Grupo Pós-cirúrgico apresentaram diminuição dos níveis de depressão se comparados com o Grupo de obesos mórbidos. Já os níveis de ansiedade foi maior no Grupo de Sujeitos Pós-cirúrgico. Os escores com relação à Habilidade Social dos Sujeitos do grupo pós-cirúrgico foi maior do que no grupo de obesos. Os resultados mostram o modo de funcionamento psicológico dos participantes aptos à cirurgia bariátrica e assinalam uma diminuição da sintomatologia psicopatológica na proporção da perda de peso após a cirurgia
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8655
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Psicologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo814_1.pdf6,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.