Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8391
Title: Entre relacionamentos, circulações e rearranjos: configurações familiares no contexto da paternidade na adolescência
Authors: Oliveira Rodrigues, Laís
Keywords: Configurações familiares; Paternidade; Adolescência; Práticas discursivas; Produção de sentido
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Oliveira Rodrigues, Laís; Medrado-Dantas, Benedito. Entre relacionamentos, circulações e rearranjos: configurações familiares no contexto da paternidade na adolescência. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo investigar as configurações familiares que se constroem no contexto da paternidade na adolescência. Localiza-se no campo dos estudos de família e baseia-se na abordagem teórico-metodológica das práticas discursivas e produção de sentidos, afiliada à perspectiva construcionista, que enfatiza a linguagem verbal como forma de construção do conhecimento, rejeitando concepções essencialistas, naturalistas e dualistas. Considera que a realidade é coconstruída ativa e dinamicamente entre as pessoas em relações histórica e culturalmente situadas. A revisão de literatura enfatiza a crítica a leituras alarmistas e patologizantes sobre paternidade e maternidade na adolescência, que considera tais eventos sempre e a priori indesejáveis. A gravidez neste período da vida pode ser vista como uma alternativa de alcance de um outro status social e instrumento de reorganização dos projetos de vida e das relações, em especial as familiares. A família é compreendida dentro de uma visão dinâmica, fortemente marcada pela literatura antropológica, segundo a qual as relações se estendem para além da casa, incluindo ou não consangüíneos, parentes por casamento, padrinhos, comadres, vizinhos e amigos. No desenvolvimento da pesquisa, privilegiou-se a abordagem qualitativa, sendo realizadas entrevistas com 12 jovens que se tornaram pais com idades até 19 anos. Tais jovens foram acessados via Programa Centro da Juventude, sede do bairro de Peixinhos, Recife, e são moradores de comunidades pobres da cidade. A sistematização das informações construídas com os jovens pais seguiu os seguintes passos: 1) transcrição na íntegra das entrevistas; 2) leituras flutuantes das entrevistas com a finalidade de apreensão dos principais eixos trabalhados e possíveis categorias; 3) identificação dos eixos temáticos; 4) elaboração de um quadro de análise para cada um dos jovens pais entrevistados; e, 5) categorização. Destacaram-se como relevantes os seguintes aspectos: 1) repertórios sobre adolescência (caracterização, idade inadequada para a paternidade e posicionamentos do jovem em relação à adolescência); 2) repertórios sobre paternidade (exercício da paternidade, sentimentos e posicionamentos dos jovens em relação à paternidade); 3) repertórios sobre família (adjetivos atribuídos à família e configurações familiares); 4) interlocutores e rede de apoio social; 5) relação dos jovens pais com as mães de seus filhos (permanências e rupturas nas relações afetivo-sexuais e a circulação de paternidades), e; 6) projetos de vida. Reconhecer a diversidade de sentidos que caracterizam as construções das configurações familiares e de paternidades trata-se de uma possibilidade de questionar a reprodução de noções descontextualizadas e preconceituosas sobre a tão vulgarizada ausência paterna, sobre a inadequação da paternidade na adolescência, sobre a primazia da família nuclear, dentre outras. Além de contribuir como produção acadêmica, esta dissertação pode auxiliar para a formulação, o monitoramento e a avaliação de políticas públicas em sexualidade e saúde reprodutiva que sejam capazes de abarcar a pluralidade de circunstâncias nas quais são engendradas situações de gravidezes, paternidades, nascimentos e desenvolvimento de crianças. Ademais, pode servir de subsídio para a elaboração de trabalhos sociais e educativos voltados para jovens pais de comunidades pobres, dentro de uma perspectiva comprometida ética e politicamente com a transformação social
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8391
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3706_1.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.