Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7650
Title: A metáfora no discurso das ciências
Authors: Dias de Andrade, Adriano
Keywords: Ciência; Metáfora; Semântica Cognitiva; Física; História
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Dias de Andrade, Adriano; Marcuschi, Elizabeth. A metáfora no discurso das ciências. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: As metáforas constituem a linguagem e o pensamento humanos. Elas estão presentes em todos os discursos e desempenham operações cognitivas com funções as mais diversas. As metáforas são parte intrínseca da ciência, são elementos constituintes e indispensáveis ao discurso científico. Já a ciência, por sua vez, não pode mais ser vista como uma atividade dotada de objetivismo extremo e de total neutralidade. Pelo contrário, deve ser encarada como um produto social , que emerge de práticas sociais e de indivíduos históricos. Assim, se a ciência não é isenta de quem a faz e se o homem pensa e se comunica muitas vezes por meio de metáforas, esta dissertação tem como objetivo principal verificar a incidência e, principalmente, a natureza das metáforas no Discurso Científico de duas áreas do conhecimento a História e a Física. Tomamos como alicerce teórico as contribuições da Semântica Cognitiva, que trata a metáfora como uma operação cognitivo-linguística essencial para nosso entendimento do mundo. Este trabalho parte das hipóteses de que: (i) as metáforas atuam na formação de padrões textuais distintos nas áreas investigadas e (ii) constituem-se como elementos primordiais para a construção e compreensão do conhecimento científico. Este trabalho adota uma postura pragmática para a análise dos significados, ou seja, encara o sentido como resultado de interações em situações reais de uso, nas quais o léxico não é uma listagem rígida, mas sim uma rede de possibilidades onde o sentido acessado é um dentre muitos possíveis. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de cunho hipotético-dedutivo, na qual fazemos uma análise semântico-cognitiva do corpus. Adotamos o método da leitura, complementado em alguns momentos com o método da introspecção. A escolha do gênero textual analisado se justifica pelo fato de os artigos científicos em veiculação nas revistas especializadas se constituirem como um dos principais gêneros de divulgação científica entre pares de uma mesma área, na dinâmica das relações sociais em ciência. Os artigos investigados são oriundos da Revista de Física Aplicada e Instrumentação e da Revista Brasileira de História. Esperamos com esta pesquisa contribuir para uma discussão bem alicerçada e atualizada sobre o tema, mostrando a relevância de se estudar metáforas e a relevância de se refletir sobre a ciência
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/7650
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo444_1.pdf649.37 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.